Oportunidade

Prazo maior para quitar dívidas por R$ 100,00

Até o dia 8 de setembro, ação da Serasa permitirá que cerca de 21,5 milhões de dívidas possam ser pagas pelo valor específico

01 de Setembro de 2020 - 12h54 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Até o dia 8, inadimplentes das redes parceiras podem negociar suas dívidas, mas por meio digital (Foto: Jô Folha - DP)

Até o dia 8, inadimplentes das redes parceiras podem negociar suas dívidas, mas por meio digital (Foto: Jô Folha - DP)

Após o sucesso da ação da Serasa de quitar dívidas por apenas R$ 100,00, em conjunto com os parceiros do Serasa Limpa Nome (Tricard, Recovery, Ativos, Itapeva, Credsystem, Avon, Pernambucanas, Casas Bahia, Ponto Frio, Anhanguera, Unopar, Pitagoras, Unime, Iuni, Uniderp, Unirondon, Unique, Hoepers, Algar, Calcard e Vivo), a startup anuncia a prorrogação das condições para até 8 de setembro.

“A ação tem beneficiado muita gente e, para ajudar ainda mais consumidores, resolvemos estender o prazo para que as pessoas possam aproveitar essa condição”, diz o diretor do Serasa Limpa Nome, Lucas Lopes. Até agora, mais de 2,5 milhões de débitos entre R$ 200,00 e R$ 1.000,00 foram quitados por apenas R$ 100 e, com os parceiros atuais, a ação tem potencial para que mais de 21,5 milhões de dívidas possam ser pagas com essa quantia.

Seguindo as recomendações de distanciamento social no combate à Covid-19, as agências da Serasa de atendimento presencial permanecem fechadas. Para regularizar seus débitos, além do site do Serasa Limpa Nome e do app da Serasa, o consumidor também pode usar o Whatsapp. As agências da Serasa em todo o Brasil ainda não têm data para retomar o atendimento presencial ao público. 

Para assegurar uma jornada digital simples e segura, além de evitar que os brasileiros caiam em golpes que levam o nome da empresa, a Serasa criou um roteiro prático para que os consumidores possam aproveitar a última semana das renegociações por R$ 100. Confira a seguir:

1º - Acessar o site www.serasa.com.br ou baixar o aplicativo no celular, digitar o CPF e preencher um breve cadastro. Com isso, é possível usar os serviços com a garantia de que só o consumidor tem acesso aos seus dados. Ele também pode regularizar débitos financeiros pelo WhatsApp, pelo número (11) 98870-7025.

2º - Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor aparecerão na tela, devidamente explicadas, incluindo as dívidas que tiver. Se quiser conhecer as condições oferecidas para pagamento, basta clicar para ser direcionado até uma nova página, onde serão apresentadas as mais variadas opções para renegociar cada débito.

3º - Depois que escolher uma das opções de valor, é só escolher se a dívida vai ser paga à vista ou em parcelas, e a melhor data de vencimento.

4º - A plataforma da Serasa gera um ou mais boletos, dependendo da forma de pagamento escolhida, já com a data de vencimento escolhida. Com o boleto, o consumidor pode optar em pagar pelo aplicativo do banco em que tiver conta, que consegue ler o arquivo diretamente do computador, ou então imprimir a via e pagar na agência ou nas casas lotéricas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados