Finanças

Poupança volta a registrar mais depósitos do que retiradas

Banco Central divulgou dados nesta segunda-feira (6). Mês de junho apresentou saldo acima dos R$ 200 bilhões

06 de Julho de 2009 - 13h00 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

No mês de junho os depósitos em cadernetas de poupança foram maiores do que as retiradas, o que gerou a captação líquida positiva acima dos R$ 2 bilhões. Os dados divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Banco Central  (BC) demonstram que esta foi a terceira vez em 2009 que o Brasil apresentou registro positivo.

Em junho os depósitos ultrapassaram os R$ 82 bilhões, enquanto as retiradas somaram pouco mais de R$ 80 bilhões. Já o saldo da poupança chegou a mais de R$ 280 bilhões.

No último dia 13 de maio, o governo anunciou uma medida para evitar a migração de recursos dos fundos de investimento para a caderneta. Isso porque com as reduções da taxa básica de juros, que remunera títulos públicos integrantes da cesta de aplicações dos fundos de investimentos, a poupança tem se tornado mais atrativa. O temor do Governo é que o Tesouro Nacional tenha dificuldades de vender os títulos e, por conseqüência, de rolar a dívida pública.

Pela nova regra será descontado Imposto de Renda do rendimento de poupança que exceder R$ 50 mil. De acordo com o Governo, atualmente apenas 1% dos poupadores aplica mais do esse valor na caderneta. Entretanto, a proposta ainda não foi enviada para a análise do Congresso Nacional.

Fonte: Agência Brasil

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados