Acerto

Pagamentos da negociação do Dívida Zero continuam

Posto do SPC Brasil ainda funciona na antiga sede do CDL e tem cerca de 25 atendimentos por dia

12 de Novembro de 2019 - 13h57 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Posto ainda atende na antiga sede da CDL, na rua Félix da Cunha (Foto: Jô Folha - DP)

Posto ainda atende na antiga sede da CDL, na rua Félix da Cunha (Foto: Jô Folha - DP)

Com a média diária de 25 atendimento no balcão do Posto de Atendimento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) Brasil, na antiga sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Pelotas, o Feirão da Dívida Zero permitiu que 250 consumidores inadimplentes obtivessem informações detalhadas de suas dívidas, oportunizando a negociação delas junto aos estabelecimentos participantes.

O montante das dívidas quitadas ainda não foi apurado, o que deverá ocorrer ainda durante esta semana, adiantou nesta segunda-feira (11) o gerente comercial da CDL,  Carlos Eduardo Amaral. A adesão das lojas, no entanto,  informou que foi de 25, incluindo as filiais de grandes redes varejistas.

“As lojas vão ter reflexos após o fechamento do Feirão”,  alerta Amaral. Muitos consumidores conheceram suas dívidas e ainda estão negociando o pagamento delas, aproveitando o 13º salário, por exemplo, concordou Amaral. Seu nome estará “limpo” no máximo em sete dias. 

Consultas permanecem
Quem não aproveitou o Feirão da Dívida Zero pode comparecer no Posto da Atendimento do SPC Brasil, na rua Félix da Cunha, 765, portando o número do CPF, quando receberá a relação das dívidas existentes, para negociar o pagamento com credores.

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados