Novidade

Município ganha nova agroindústria do ramo de pescados

Verdes Mares Indústria de Pescados inicia atividades na avenida Fernando Osório, na Zona Norte

06 de Agosto de 2020 - 23h45 Corrigir A + A -
Agroindústria comercializa por atacado e nos mercados locais (Foto: Divulgação - SDR)

Agroindústria comercializa por atacado e nos mercados locais (Foto: Divulgação - SDR)

Mais uma agroindústria familiar abre as portas em Pelotas, depois de receber aprovação do projeto, inspeção e a licença para operar. Verdes Mares Indústria de Pescados inicia suas atividades de beneficiamento do peixe, preparando-o para fornecimento em postas, filés, inteiros, eviscerados, crustáceos, ou em subprodutos, como bolinhos ou empanados.

A liberação para as atividades da agroindústria foi aprovada pelo município, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A unidade passa a receber vistoria/inspeção periódica, com o objetivo principal de conferir as condições sanitárias e garantir que os produtos comercializados tenham qualidade.

“É mais uma unidade agroindustrial de origem animal que chega para fortalecer a política do governo municipal de oportunizar o beneficiamento dos produtos, impulsionando a economia”, observa o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel.

A Verdes Mares é uma unidade de pequeno porte, estabelecida em 160,92 metros quadrados, onde estão as instalações de antecâmara, evisceração, pré-preparo, preparo, câmara fria, sala de embalagem, banheiro/vestiário, sala comercial, depósito e setor de lavagem de caixas. Está localizada na avenida Fernando Osório, no bairro Três Vendas.

“Mesmo de pequeno porte, a nova agroindústria é geradora de empregos e repercute econômica e socialmente no município, movimentando diversos segmentos e os elos da cadeia produtiva. O pescado adquirido para beneficiamento é mais uma oportunidade comercial para os pescadores”, explica Seidel.

A agroindústria pretende trabalhar com cerca de 16 mil peixes ao mês, atingindo vendas por atacado e mercados locais de pescado.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados