Recurso

Governo anuncia mais duas parcelas de R$ 600,00

Decreto que prorroga o auxílio emergencial foi assinado nesta terça-feira em Brasília

30 de Junho de 2020 - 17h15 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Guedes discursou durante o ato em Brasília (Foto: Reprodução - TV Brasil)

Guedes discursou durante o ato em Brasília (Foto: Reprodução - TV Brasil)

Na tarde desta terça-feira (30), em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o auxílio emergencial será estendido por mais duas parcelas de R$ 600,00. Acompanhado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro assinou o decreto que prorroga o auxílio, ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Na última quinta-feira, Bolsonaro afirmou que o auxílio emergencial pagaria um adicional de R$ 1,2 mil, divididos em três parcelas. A ideia se confirmou, mas em duas. "Isso só foi possível porque houve agilidade na votação do parlamento brasileiro. Isso tudo não é apenas pra deixar a economia viva, mas também para dar o sustento às pessoas. Nós aqui sabemos que 600 reais é muito pouco, mas para quem não tem nada, é muito", disse o presidente da República.

Ao todo, o programa atende a cerca de 60 milhões de pessoas e é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados