Agronegócio

Genética Santa Eulália vem em dose dupla

Estância realiza leilão de cavalos crioulos e na sexta-feira vai ofertar bovinos da raça angus

11 de Outubro de 2017 - 13h05 Corrigir A + A -

Por: Débora Borba
debora.borba@diariopopular.com.br 

Pela primeira vez a Santa Eulália realiza na Expofeira Pelotas dois leilões. O primeiro ocorre nesta quarta, às 21h, no pavilhão de remates do Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes. Em pista, 40 cavalos crioulos. Nas ofertas, éguas de cria, potrancas, éguas e cavalos castrados domados. Já na sexta-feira será a vez do angus, quando serão ofertados 50 touros e 15 fêmeas.

Para o remate de cavalos crioulos a Santa Eulália selecionou animais de sangues consagrados da raça no país. Filhos e netos de Horneiro, Aniversário, Delanteiro estarão em pista. Na linha antecessora os animais também carregam a genética de Basco Veneno e Pereira Brasil, explica o criador, Joaquim Mello.

A condução do remate ficará a cargo de Fábio Crespo e João Gabriel e terá transmissão ao vivo pelo Canal Rural. As condições de pagamento são em 50 parcelas (duas à vista, duas em 30 dias e mais 46 vezes).
Entre os destaques o criador frisa a presença de fêmeas domadas, mansas, ideais para o serviço de campo e serem colocadas em treinamento para disputa de provas. “Estamos ofertando a primeira geração de AS Malke Atrevido, finalista na Morfologia da Expointer, além de filhas e netos de CRT Guapo, grande campeão da FIICCC e grande campeão de Esteio”, reforça Mello.

Angus
Na sexta-feira, às 18h, ocorre o tradicional remate de angus da Estância. Reconhecida pela qualidade dos animais que produz, ofertará 50 touros PO e PC de dois e três anos, e 15 fêmeas, também PO e PC, de três anos, todas candidatas a doadoras de embrião. Com mais de 30 anos de seleção, a Santa Eulália levará à venda o que há de melhor em precocidade e fertilidade.

Responsável pela condução do martelo, Eduardo Knorr destaca o reconhecimento dos clientes no trabalho da Estância, que coleciona títulos em diversos campeonatos da raça pelo país afora. “Ao longo dos anos eles se especializaram na produção de carne de alta qualidade, vencem de diversos concursos de carcaça. Com isso o cliente tem a certeza de que está comprando um grande animal”, destaca. Knorr lembra ainda que a genética Santa Eulália possui atualmente sete touros em centros de inseminação, o que chancela ainda mais a qualidade da oferta.

Para levar um angus da Estância para casa serão disponibilizadas diferentes formas de pagamentos: 15 parcelas (duas à vista, duas em 30 dias e outras 11 vezes); Plano Safra (10% do valor à vista e o saldo em 31 de maio de 2018) ou 7% para pagamento à vista. Clientes fidelizados têm ainda outras condições especiais. O frete para todo o Rio Grande do Sul é subsidiado, independentemente da quantidade de animais adquiridos. A entrega é feita no Sindicato Rural da cidade do comprador.

Notícias relacionadas


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados