21ª edição

Fenadoce começa venda a não sócios

O setor de moda foi o mais vendido - até agora, 32 estandes

19 de Fevereiro de 2013 - 23h30 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) começa nesta quarta-feira (20) a venda de estandes para a 21ª Feira Nacional do Doce (Fenadoce) aos não associados da entidade, expositores ou não das edições anteriores do evento. Do total, ainda restam 30% à disposição dos interessados, que devem apresentar a cópia do contrato social da empresa e os números do Registro Geral (RG) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF). A venda do estante será feita apenas ao proprietário ou sócio da pessoa jurídica e haverá distribuição de senhas apenas se a procura for muito grande.

O setor de moda foi o mais vendido - até agora, 32 estandes. “Faltam alguns poucos”, explicou nesta terça-feira a coordenadora comercial da Fenadoce, Daniela Alvares. O menos procurado até agora é de artes e ofícios, já que poucos expositores dessa área são sócios da CDL. “A maioria vem agora”, ajuntou Daniela, pois essa é a etapa para os não associados e a penúltima de vendas para 21ª Fenadoce. A próxima será apenas para as doceiras da Cidade do Doce e para a área externa de Centro de Eventos. Todos os estandes da Praça da Alimentação estão comercializados, segundo a coordenadora de comercialização. Nos primeiros dias, a venda de estandes foi apenas para os associados da CDL estabelecidos na cidade e após, para os associados de fora de Pelotas.

Preços
Com espaço médio de quatro por quatro metros, os estandes têm preços do metro quadrado a partir de R$ 355,00. No setor de moda, o custo de um estande é de R$ 5.840,00; no de comércio e serviços e também no de casa e decoração, de R$ 6.480,00 e no de artes e ofícios e no de artesanato, de R$ 5.680,00. A 21ª Fenadoce ocorrerá entre 29 de maio e 16 de junho, no Centro de Eventos Fenadoce, no Distrito Industrial. A venda de estandes é feita junto à administração da Fenadoce, localizada na avenida Pinheiro Machado, 3.390, das 9h às 11h30min e das 13h30min às 17h, com outras informações obtidas diretamente com Daniela, pelo telefone 3271-0002.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados