Comércio

Expectativas voltadas para o Dia da Criança

Busca de presentes para os pequenos já começa a crescer nas lojas da cidade, que esperam ansiosas pela data

30 de Setembro de 2020 - 14h02 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

A procura pelos presentes para a criançada ainda está abaixo da expectativa nas lojas da cidade (Foto: Jô Folha - DP)

A procura pelos presentes para a criançada ainda está abaixo da expectativa nas lojas da cidade (Foto: Jô Folha - DP)

A pouco mais de uma semana para o Dia da Criança, a movimentação em torno dos presentes já é realidade para muitos pais, avós, tios e dindos, mas principalmente para a criançada, que espera ansiosa pela data, comemorada em 12 de outubro. Em 2019, o faturamento das lojas do segmento de brinquedos no Brasil, incluindo o e-commerce, chegou a R$ 3 bilhões.

No comércio pelotense, a busca de presentes para a data está começando a crescer, conta a vendedora Ellen Barros, bastante experiente no ramo. “Já era para estar melhor”, explica. Muitos clientes ainda preferem comprar os produtos para a entrega em casa, em razão da pandemia da Covid-19, completa.

Entre os lançamentos, confirma que os fabricantes continuam investindo em personagens, agora com foco forte nos youtubers, que estão chegando às lojas com preços entre R$ 130,00 e R$ 150,00 para os clientes. Outra aposta forte é na nova Baby Alive Grows Up, a boneca que cresce dez centímetros e traz várias surpresas - seu preços de R$ 600,00 costuma ser parcelado, concorda a vendedora.

Para Helena Pereira, de cinco anos, a expectativa está voltada para o menino da coleção Baby Alive, depois de ter ganho de aniversário duas bonecas do personagem, conta a mãe Camila Rosa. Determinada, a menina está guardando dinheiro para comprar, se não ganhar, explica Camila.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados