Aviação

Demanda por voos domésticos cresce 25% em julho

O último aumento maior que este aconteceu em setembro de 2005

13 de Agosto de 2009 - 14h12 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

As companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 25,68% no fluxo de passageiros transportados no País em julho, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados na quinta-feira (13) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). É o melhor resultado do setor desde setembro de 2005, quando a demanda por voos nacionais registrou alta de 29,2%. A oferta de assentos, no mês passado, teve expansão de 15,31% ante julho do ano passado. A taxa média de ocupação dos aviões ficou em 72,92% um recuo de 6,01 pontos porcentuais na comparação com julho de 2008.

No mercado internacional, as companhias aéreas brasileiras registraram recuo de 10,15% na demanda em julho, ante igual mês do ano passado. A oferta de assentos para o exterior, no entanto teve alta de 1,22% na mesma base de comparação. A taxa de ocupação das aeronaves nos voos para fora do País ficou em 70 30%, uma redução de 8,89 pontos porcentuais

De janeiro a julho, a demanda por voos nacionais acumula expansão de 6,57%, com aumento de 10,99% na oferta de assentos. Para o exterior, o fluxo de passageiros transportados acumula queda de 6,36%. A oferta de assentos também caiu, em 2,42% de janeiro a julho

A TAM permaneceu na liderança do mercado doméstico em julho, quando respondeu por 43,15% do fluxo de passageiros transportados. A Gol/Varig está logo atrás, com participação de 42,88%. A Azul ficou na terceira colocação, com fatia de 4,69%, seguida de perto pela Webjet, com 4,52%. A OceanAir, por sua vez teve 2,53% da demanda doméstica, seguida pela Trip, com 1,59%. A TAM também segue na liderança entre as companhias brasileiras que voam para fora do País, com 88,29% de participação de mercado. A Gol/Varig ficou na segunda posição, com 11,57%

No acumulado de janeiro a julho, a TAM segue na primeira colocação do mercado interno, com 47,07%, seguida pela Gol/Varig com fatia de 41,05%. Nessa comparação, é a Webjet que está na terceira colocação, com participação de 4,09%. A Azul ficou em quarto lugar, com 3,14%, seguida pela OceanAir, com 2,70%. A Trip, por sua vez, respondeu por 1,3% dos voos domésticos no acumulado de sete meses. Nos voos ao exterior, a TAM acumula participação de 86,36% de janeiro a julho. A Gol/Varig, por sua vez, teve 11,57% dos voos ao exterior

Fonte: Agência Estado


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados