Gastos

Custo estável no cesto com queda na ração

Levantamento feito pelo Procon de Pelotas aponta pouca variação no preço dos produtos básicos

02 de Julho de 2020 - 23h11 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

A alface e a cebola foram as vilãs da salada em junho, enquanto o tomate teve queda nos preços (Foto: Carlos Queiroz - DP)

A alface e a cebola foram as vilãs da salada em junho, enquanto o tomate teve queda nos preços (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Um levantamento de preços do Procon de Pelotas nos supermercados da cidade encontrou aumento médio de R$ 0,62 no custo dos 51 produtos do cesto básico em junho, mostrando a mesma estabilidade encontrada no mês de maio, quando houve uma queda de 0,04%. Na ração essencial de 13 produtos, o custo médio teve queda média de 1,52% em junho, ao contrário de maio, quando ocorreu aumento médio de 2,11%.

Segundo o resultado do levantamento divulgado nesta quinta-feira (2) pelo Procon de Pelotas , o cesto básico tinha o custo médio de R$ 886,92 no final do mês de junho, enquanto no final de maio era adquirido por R$ 881,42. Já a ração essencial teve seu custo médio do final de maio, de R$ 453,27, reduzido para R$ 446,39 no término de junho.

A alface e a cebola foram os dois produtos com os maiores reajustes de preços em junho, deixando mais cara a tradicional salada do cardápio das famílias. Na alface, houve aumento de 21,29% em junho, enquanto em maio havia sofrido queda 14,32% no preço. No quilo da cebola, o último reajuste foi de 12,95%, mas ela não apareceu em maio entre os maiores ou menores reajustes de preços.

Já o tomate, ingrediente também fundamental na salada, teve a segunda queda consecutiva de preços nos supermercados de Pelotas: em maio, de 16,32%, e em junho, de 30,21%. Outros hortifrutigranjeiros também tiveram redução de preços em junho. Além do tomate, o repolho, a cenoura e a laranja tiveram quedas de preços entre 34,51% e 19,21%, influenciando no custo menor médio da ração essencial, que tem por base estes alimentos.

Confira as maiores variações

Aumentos
Alface - 21,29%
Cebola - 12,95%
Massa com ovos - 10,79%
Leite longa vida - 10,27%
Margarina - 9,96%

Quedas
Repolho - 34,51%
Tomate - 30,21%
Cenoura - 25,10%
Laranja - 19,21%
Papel Higiênico - 15,12%

Estáveis
Cigarro
Pão francês
Vinagre de álcool.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados