Adesões

Convenção libera abertura diária do comércio varejista

Aprovada e assinada, convenção coletiva de trabalhos irá para registro e homologação junto à Gerencia Regional do Trabalho e Emprego na segunda-feira

14 de Novembro de 2019 - 21h28 Corrigir A + A -
Nesta sexta-feira, primeiro feriado de lojas abertas, comércio não deve ter o mesmo movimento da quinta (Foto: Paulo Rossi - Infocenter - DP)

Nesta sexta-feira, primeiro feriado de lojas abertas, comércio não deve ter o mesmo movimento da quinta (Foto: Paulo Rossi - Infocenter - DP)

Embora sem consenso sobre o funcionamento da maioria das lojas em Pelotas neste feriado de 15 de Novembro, Dia da Proclamação da República, está acordado que todos os estabelecimentos do comércio varejista poderão abrir as portas, a partir de agora, em feriados e domingos, durante todo o ano, mediante pagamento de bônus. Este será o primeiro feriado de 2019 em que haverá lojas abertas, assim como no domingo.

Aprovada e assinada, a convenção coletiva de trabalho dos empregados do comércio de Pelotas irá para registro e homologação junto à Gerência Regional do Trabalho e Emprego local na segunda-feira, adiantou na quinta-feira o assessor jurídico do Sindilojas, Luís Antônio Carvalho. A convenção é resultado de debates e ajustes sucessivos de cláusulas em sucessivas reuniões entre representantes de patrões e empregados do setor. A data-base é 1º de setembro.

As adesões não serão muitas neste final de semana , reconhece o presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas), Renzo Antonioli. “As grandes abrirão. Algumas médias e algumas pequenas”, diz. Na opinião do vice-presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Pelotas (Secpel), Célio Vieira, a maioria não vai abrir. A justificativa vem da falta de tempo para atender à demanda maior por transporte coletivo pelos comerciários e também da necessidade de um novo esquema de segurança para domingos e feriados.

O lojista Cleiton Reis Filho adiantou na quinta-feira que a tradicional loja da família abrirá tanto no feriado como no domingo. “É uma quebra de paradigma, assim como foi com os sábados”, lembrou, citando a abertura das lojas nas tardes de sábados, que não ocorriam nos meses de janeiro e fevereiro. Sobre o quadro de pessoal, explicou que no início será o atual. No entanto, será necessário contratar de 10% a 15% de novos empregados ao longos dos próximos meses.

Saiba mais:

As lojas de rua poderão funcionar diariamente das 8h às 20h, passando ao horário até as 21h30min em dezembro.

No Shopping Pelotas, o funcionamento será sempre das 8h às 22h, com uma hora a mais nos dias anteriores ao Natal.

Os bônus pagos aos empregados pelos domingos trabalhados serão 80,00 nas lojas de rua e de R$ 65,00 nas do Shopping e de R$ 100,00 e R$ 80,00, respectivamente, pelos feriados.

A cada domingo trabalhado, o comerciário terá um dia de folga, mas não poderá trabalhar mais de dois domingos em meses com quatro domingos e de três em meses com cinco.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados