Comércio

Comércio registra alta procura para este dia das Crianças

Neste ano, não houve a falta de produtos como nos anteriores

12 de Outubro de 2021 - 12h17 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Crianças foram com os pais fazer a escolha do brinquedo que queriam ganhar neste dia 12    (Foto: Jô Folha - DP)

Crianças foram com os pais fazer a escolha do brinquedo que queriam ganhar neste dia 12 (Foto: Jô Folha - DP)

O mau tempo não mudou a rotina de vendas do comércio de brinquedos para o Dia da Criança, que é festejado nesta terça-feira, junto com o feriado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. “É o melhor dia”, diz a empresária Lucimara Tuchtenhagen, que avaliou como muito bom o movimento de clientes na loja na véspera da data comemorativa, ao contrário do domingo, que não teve vendas muito boas, apesar do comércio estar aberto.

Neste ano, não houve a falta de produtos como nos anteriores. Bastante popular em razão da pandemia da Covid-19, apenas o pop it, o brinquedo usado para diminuir o estresse, oferecido em formatos variados, que os adultos também gostam, é que acabou, segundo Lucimara. Com preços variados, o produto foi bastante procurado.

Gerente da loja de brinquedos no Shopping Pelotas, Vera Turow considera que o tíquete médio dos presentes adquiridos para este Dia da Criança ficou em R$ 200,00. Vera ressalta que os consumidores da loja são diferenciados. Na sua opinião, a véspera da data comemorativa também foi a melhor de vendas. “Metade já sabe o quer comprar quando chega”, explica. Neste ano, o número de pais que levaram os filhos para escolher os presentes aumentou na comparação com o ano passado.

Sobre falta de produtos, Vera não aponta nenhum. Mas cita a Barbie Colors, que está com poucas peças no estoque. “Já são poucas”, conta, lembrando que as lojas do Shopping Pelotas funcionam neste feriado do meio-dia às 20h.

Na quarta-feira, as lojas de brinquedos também recebem clientes que ainda buscam um brinquedo e também para troca ou para a criança que ganhou o dinheiro para escolher.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados