Finanças

BB reforça internacionalização e almeja varejo nos EUA

Banco aguarda somente a autorização das autoridades americanas para começar a operar nos estados com maior quantidade de brasileiros residentes

14 de Agosto de 2009 - 14h06 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

O vice-presidente da área internacional e atacado do Banco do Brasil, Allan Toledo, disse que a instituição financeira está buscando ampliar sua atuação no exterior, marcadamente nos Estados Unidos. Por isso, informou, está preparando a abertura de um banco de varejo para atender a comunidade de mais de 1 milhão de brasileiros que vive em Nova York, Nova Jersey, Massachusetts e Boston. Para tanto, o BB aguarda a autorização das autoridades norte-americanas, o que é esperado para ocorrer ainda nesse semestre.

Apesar de o foco do banco de varejo nos EUA ser em pessoas físicas (brasileiras), Toledo disse que o BB poderá atuar para atender outras comunidades de países latinos e também portugueses, por conta do idioma.

Além do mercado norte-americano, o executivo do banco brasileiro afirmou que a intenção é ampliar a atuação no mercado sul-americano. Segundo ele, com o processo de internacionalização das empresas brasileiras, aumenta a necessidade de o banco estar presente em outros países. Diante da proximidade geográfica e econômica, é natural que os vizinhos da América do Sul contem com uma maior presença do BB, por meio da abertura de mais agências. Toledo destaca ainda que o banco pretende ter maior presença também na África e Europa.

Com informações da Agência Estado


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados