Alternativa

Aumenta a procura pelo MEI

Busca retrata o perfil da economia atual, apontando uma oportunidade de formalizar o trabalho com garantias para o futuro

09 de Janeiro de 2021 - 15h04 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Para a produção e comercialização de doces, Marlene de Farias  escolheu pelas facilidades do MEI (Foto: Divulgação - DP)

Para a produção e comercialização de doces, Marlene de Farias escolheu pelas facilidades do MEI (Foto: Divulgação - DP)

Os números apresentados pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação mostram como o Microempreendedor Individual (MEI) vem sendo a opção de formalização para muitos profissionais que resistiam em fazer isso em Pelotas. Do total de 21.462 MEIs existentes até o final de 2020, cinco mil fizeram a adesão no último ano, segundo o secretário Gilmar Bazanella, que informa existir quase uma paridade entre homens e mulheres entre eles. São 11.379 homens e 10.083 mulheres entre os MEIS na cidade.

O aumento dos MEIs retrata o perfil da economia atual e nele, as mulheres têm achado uma oportunidade de formalizar seu trabalho, com garantias para o futuro. Antes, sem vínculo empregatício, deixavam de recolher para a Previdência, lembra o secretário. “Hoje, é exigido de qualquer prestador de serviços, para qualquer contratação, que ele esteja formalizado”, diz Bazanella. “A Lei da Terceirização exige isso”, completa. Hoje, 68% dos MEIs são prestadores de serviço, 14% do comércio e 8% da indústria da construção.

Comerciante, Marlene de Farias trocou de microempresária para MEI e hoje reconhece que os benefícios foram muitos. Suas vendas são 100% online. Vinda de Curitiba, no Paraná, conta que tem uma clientela certa para os doces que vende. No mercado há quatro anos, agora como MEI, conta que tem garantias e a acesso mais fácil a recursos, como a capital de giro, conta. E é para MEIs como Marlene que será realizado, após a pandemia, o Bairro Empreendedor, adianta o secretário.

Veja mais sobre o MEI

Para saber mais sobre o MEI, beneficiado em Pelotas com a Lei que criou isenção de taxas e custos, basta ir ao portal da Sala do Empreendedor, o www.pelotas.com.br/sala-do empreendedor, onde estão as orientações para fazer a inscrição municipal, obter a certificação e emitir notas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados