Atendimento

Agências da Caixa voltam ao horário pré-pandemia

Legislação municipal pode determinar padrão diferente para o atendimento

22 de Novembro de 2021 - 13h01 Corrigir A + A -

Agência Brasil

Em grande parte do país, o atendimento ao público acontece entre 10h e 16h. (Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil)

Em grande parte do país, o atendimento ao público acontece entre 10h e 16h. (Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil)

A partir desta terça-feira (23), as agências da Caixa Econômica Federal voltam a atender nos horários anteriores à pandemia de Covid-19. De acordo com o banco, isso vai acontecer desde que a legislação municipal não determine um padrão diferente do estabelecido anteriormente.

Os horários regulares de abertura e fechamento das unidades variam de acordo com as especificidades e fusos de cada região. Em grande parte do país, o atendimento ao público acontece entre 10h e 16h. Durante a pandemia, as agências funcionaram a partir de 8h, em especial para atender demandas relativas ao pagamento de benefícios como o auxílio emergencial.

A lista com o horário de funcionamento das unidades está disponível no site da Caixa, bem como informações sobre toda a rede de atendimento do banco. “Priorizando a segurança e o bem-estar de clientes e empregados, o banco vai manter os cuidados necessários para prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19, como a disponibilização de álcool em gel em todas as unidades”, informou.

A Caixa também disponibiliza aos clientes atendimento remoto e digital por meio do WhatsApp Caixa, no 0800 104 0104, do internet banking e de diversos aplicativos, como Habitação Caixa, DPVAT e Auxílio Brasil.

Por telefone, os clientes contam com a central de atendimento pelos números 4004 0104 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (para demais regiões). Para informações sobre benefício sociais PIS, FGTS e Cartão Social o número é o 0800 726 0207, com atendimento eletrônico 24 horas por dia e atendimento humano de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados