Livro

Viagem pela hidrovia gaúcha

Obra de Luiz Reni Marques tem lançamento nesta segunda-feira (25)

25 de Outubro de 2021 - 10h48 Corrigir A + A -
Obra de Luiz Reni Marques vai chegar gratuitamente às escolas da rede pública de ensino

Obra de Luiz Reni Marques vai chegar gratuitamente às escolas da rede pública de ensino

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SCEL) de Rio Grande realiza nesta segunda-feira (25) o lançamento do livro O Mar de Dentro no Continente de São Pedro - A importância da hidrovia na povoação e desenvolvimento do Rio Grande do Sul, com sessão de autógrafos do autor Luiz Reni Coutinho Marques. O encontro com o autor ocorrerá, das 17 às 19h, no Auditório da Câmara do Comércio. As obras impressas não serão comercializadas e, sim, distribuídas gratuitamente durante a sessão.

De acordo com o autor, o modal hidroviário que proporcionou o nascimento da Província de São Pedro do Rio Grande e do atual Estado teve uma fase de grande importância econômica e depois decadência. "Felizmente nos últimos anos está ocorrendo uma retomada desse modal incluindo a linha regular de transporte de cargas entre Rio Grande e a região metropolitana de Porto Alegre e a possibilidade de expansão nos próximos anos" explica.

Marques ainda frisa que cidades como Roterdam e Singapura, vivem e devem muito ao seu desenvolvimento por possuírem portos de grande relevância para toda uma região continental. "A medida que o complexo portuário do Rio Grande que é o único porto marítimo do extremo sul do Brasil geograficamente situado em ampla região e que envolve todo o Rio Grande do Sul além dos países vizinhos como Argentina, Uruguai até o Paraguai pode cada vez mais se tornar a porta certa para investimentos e Rio Grande se tornar uma cidade ainda mais desenvolvida" finaliza.

Os livros também serão encaminhados à rede pública de ensino, universidades, museus, bibliotecas, arquivos e outras instituições, servindo de fonte de consulta e pesquisa, assim como, ser um instrumento de valorização da hidrovia gaúcha. Além disso, há também uma versão áudio-descritiva para deficientes visuais enviada a 50 escolas e centros especializados.

A partir do século 18

O Mar de Dentro no Continente de São Pedro é um livro sobre a trajetória do modal de transporte aquaviário, que aborda do seu início no século 18, com a chegada dos exploradores europeus, o apogeu entre o reinado de Dom Pedro II e a primeira década após o fim da Segunda Guerra Mundial, a decadência provocada pela consolidação das ferrovias e especialmente com a opção pelas estradas de rodagem, até a retomada da sua utilização nos últimos anos, a partir de investimentos em novos terminais, equipamentos e modernas embarcações.

A história perpassa mais de 300 anos narrando desbravamentos, conquistas, guerras, paz, sofrimentos e sacrifícios de toda espécie. "Talvez O Mar de Dentro tenha a têmpera dos aços fortes com que foram moldados os gaúchos ao longo destes últimos séculos. Ou seria apenas a força e a determinação de gente que precisa lutar para conquistar seu canto no mundo? Não sei, mas o leitor, seguramente, poderá responder por que aqui, neste canto do mundo, nossa história passou por água. Muitas águas", escreveu o jornalista Marcelo Villas-Bôas:.

O objetivo do livro é mostrar principalmente a estudantes, mas também a professores e outros profissionais, a dádiva da natureza que é ter um verdadeiro mar interior para fomentar o crescimento econômico, utilizando um sistema de escoamento de pessoas e cargas eficiente, seguro e sustentável. Um instrumento que busca mostrar o potencial desse manancial de águas para, quem sabe um dia, aconteça no Rio Grande do Sul o mesmo que em outras regiões do mundo, onde rios e lagos são festejados pelas comunidades locais como as que vivem às margens das bacias do Reno, na Europa e do Mississipi, na América do Norte, conscientes do papel que essas hidrovias tiveram e seguem tendo para a sua riqueza e qualidade de vida.

Serviço

O quê: lançamento do livro O Mar de Dentro no Continente de São Pedro

Autor: Luiz Reni Coutinho Marques

Quando: segunda-feira (25), às 17h

Onde: no Auditório da Câmara do Comércio, em Rio Grande

Distribuição gratuita

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados