Projeto

Uma nova atração para o Guarany

Bistrô do Theatro terá show musical com o guitarrista Regino Matimbe, nesta quinta-feira (13)

13 de Janeiro de 2022 - 10h12 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

A esplanada do Theatro agora é também local de atividade cultural (Foto: Divulgação - DP)

A esplanada do Theatro agora é também local de atividade cultural (Foto: Divulgação - DP)

Apesar da calmaria comum nas atividades culturais nesta época do ano, a temporada de verão pode ser propícia para novidades na área. É o que propõe a direção do Theatro Guarany, que está lançando o Bistrô da casa de espetáculos, um espaço de compartilhamento de ações em diferentes esferas artísticas. Nesta quinta-feira (13), a partir das 19h, o guitarrista moçambicano Regino Matimbe é o convidado para uma noite de música na nova proposta.

A diretora do Theatro Guarany, Andréia Zambrano, explica que ideia é manter o Theatro em movimento o ano todo. Já no início deste mês o Guarany das Artes voltou a oferecer aulas de dança de salão, com o dançarino e professor Leandro Pizani, e na próxima semana retoma as de dança afro, com o bailarino e coreógrafo Daniel Amaro. "Estamos sempre nos reinventando, por isso estamos fazendo o bistrô, mais um local para agregar as pessoas", comenta Andreia.

A ideia é que esse espaço aberto seja compartilhado com todas as artes. "Por isso também estamos trazendo esse conceito de usar a rua, o espaço público para que as pessoas possam se manifestar", explica o produtor cultural carioca Marcelo Corral, amigo de Andrea e um incentivador do Guarany, que veio a Pelotas para ajudar a implantar a proposta.

Com o objetivo de movimentar e compartilhar, o local terá, por exemplo, um pequeno palco com equipamentos para quem quiser fazer ensaio aberto na porta do Theatro. "Estamos seguindo a ideia de utilizar o espaço no entorno do Guarany, queremos tentar localizar uma pessoa da área do teatro para ministrar cursos abertos, tipos workshops, de maneira que tenhamos a parceria das artes cênicas também", fala o produtor cultural.

Para os organizadores o verão, quando os finais de tarde são quase um convite para se estar em ambientes abertos, é a estação ideal para dar o início da proposta. O desejo é de que o Bistrô também receba exposições de artes plásticas, visuais e fotografia, além de artesanato.

Para estas atividades foi preparada uma sala, com entrada pela calçada da frente do Theatro, onde era a o antigo escritório da direção. A localização é fácil, a primeira porta do lado direito, bem ao lado do portão de ferro que dá para um pátio interno e garagens do prédio.

"Estamos divulgando para que as pessoas nos procurem e comecem a expor. Queremos transformar essa área em um espaço de arte, que possa ser um ponto de encontro entre artistas e comunidade. Precisamos agora que as pessoas saibam", diz Marcelo.

Música na esplanada

As atividades musicais que ocorreram em frente ao Bistrô, bem na esplanada do Theatro Guarany, têm servido para demonstrar o potencial do projeto e, dessa forma, o público começa a conhecer a proposta. "A palavra de ordem é compartilhar. A gente tem um espaço tão bonito que é o Guarany e a gente tem que fazer com que essa vizinhança do Theatro respire cultura e arte", comenta o produtor cultural.

Na noite desta quinta-feira (13), Regino Matimbe será a atração. O guitarrista de Moçambique radicado em Pelotas levará ao público a sua musicalidade a partir de solos, com toques de improvisação. A música de Matimbe é alicerçada em sonoridades tradicionais do seu país de origem, como a marrabenta, misturadas ao blues.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados