Literatura

Uma cozinha poética

Com lançamento nesta segunda-feira (21), "Pimenta nos olhos" é o primeiro livro de Vicente Botti

21 de Outubro de 2019 - 12h03 Corrigir A + A -
Uruguaio reúne textos curtos sobre sua vivência na arte e na gastronomia (Foto: Felipe Campal - Especial DP)

Uruguaio reúne textos curtos sobre sua vivência na arte e na gastronomia (Foto: Felipe Campal - Especial DP)

Obra conta com ilustrações de Pablo Conde (Foto: Felipe Campal - Especial DP)

Obra conta com ilustrações de Pablo Conde (Foto: Felipe Campal - Especial DP)

Pimenta que arde, tempera a vida e dá estímulo aos sentidos. No primeiro livro de Vicente Botti, ela é o que serve de colírio ao longo de 35 crônicas reunidas. O autor, conhecido por suas facetas enquanto cozinheiro, produtor cultural e músico, define o exemplar como um guia vivo para ser compartilhado, podendo ficar na cozinha, a fim de consultar receitas, ou até mesmo ao lado da cama, enquanto desbunde poético. O lançamento de Pimenta nos olhos (2019, 144 páginas) ocorre nesta segunda-feira (21), às 19h, no Laboratório Pizza Fondina.

Natural de Montevideo, Botti é vocalista da banda Pimenta Buena desde 2007, tendo também uma carreira solo pela qual lançou o disco Vuelo libre (2017). Atua ainda como produtor cultural na Pimentero Producciones, sendo responsável pela organização de diversas edições do Cult Festival. Na área gastronômica, foi sócio do restaurante Madre Mia, um dos idealizadores da parrilla Chopp do Mercado e proprietário e cozinheiro do memorável restobar Fondo Blanco, onde criou um estilo único que chamou de pizza fondina.

Sua relação apaixonada com a culinária fez nascer os primeiros escritos. Por mais que Botti já desenvolvesse o dom através das composições musicais, foi durante os almoços de sábado no Fondo Blanco, no período de 2004 a 2007, que passou a registrar a felicidade do que considerava ótimos momentos. "Tenho a mania de acumular histórias. Termino como um documentarista", diz o uruguaio.

O livro parte dessas narrativas escritas no bar, numa mistura de relato de tardes especiais, na companhia de amigos, com dicas gastronômicas e curiosidades da cozinha. "O pessoal se identificava muito com essas crônicas de sábado. As folhas eram distribuídas entre os clientes e traziam um pouco de literatura para o bar", conta. Desta produção, selecionou-se 18 textos de caráter atemporal para integrar a coletânea.

Pimenta nos olhos é dividido em três partes. Além da primeira que reúne os "Almoços de Sábado", a segunda etapa, intitulada "Coisas de Uruguaio", apresenta cinco escritos a respeito das origens de Botti, tanto envolvendo a família quanto referências culturais. A derradeira parte, com o tema "Pimentas, madres, vuelos e Laguna" aborda projetos musicais e gastronômicos pós-Fondo Blanco.

Apesar de não ser uma biografia, a obra possui um viés bastante pessoal. As vivências do autor, seja na cozinha, na música, junto da família e dos amigos, em Pelotas, na fronteira ou no país vizinho, estão contidas em cada página. "Vou para esses lugares para transmitir a ambientação. Cito muito Pelotas, pois praticamente tudo que criei, nesses últimos 15 anos, foi aqui", acredita o autor, que, de certa forma, resume uma trajetória de sabor, melodia, arte, amor e poesia.

DE LETRAS E PIZZAS
Pimenta nos olhos é o quinto livro da coleção Mandinga, encerrando o combo de duas obras de crônicas e três voltadas à poesia. Os demais autores são Daniel Moreira, Valder Valeirão, Thomaz Teixeira da Costa e Duda Keiber. O projeto, como um todo, foi financiado pelo Procultura Pelotas.

O lançamento de Botti ocorre no Laboratório Pizza Fondina, espaço que passa a receber o público a partir de hoje. A proposta é oferecer, além de cursos e eventos, degustações de segunda a sexta-feira, a partir de três sabores semanais, contemplando as opções tradicional, vegetariano e carnívoro. "É como ir na fábrica e saborear no local, acompanhado de um chope artesanal", define o escritor e cozinheiro. A Pizza Fondina também se faz presente no Lounge PSJ, no Armazém Maciel, em eventos de rua e no serviço de pizzaiolo à domicílio.

O quê: lançamento do livro Pimenta nos olhos, de Vicente Botti
Quando: segunda-feira (21), às 19h
Onde: Laboratório da Pizza Fondina, na rua 15 de Novembro, 758
Valor unitário: R$ 20,00


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados