Tudo

Um mestre de cerimônias junto à campeã

Netinho de Paula se apresenta na quadra de ensaios da Xavabanda amanhã, às 22h

28 de Fevereiro de 2020 - 14h42 Corrigir A + A -
Clássicos. Músico cantará sucessos da carreira com o Negritude Jr (Foto: Divulgação - DP)

Clássicos. Músico cantará sucessos da carreira com o Negritude Jr (Foto: Divulgação - DP)

Xavabanda e samba formam mistura homogênea e, em Pelotas, é impossível falar de um sem mencionar o outro. E para celebrar esse casamento, a entidade convidou o músico Netinho de Paula para show que ocorrerá na quadra de ensaios da Banda do Povão. Será neste sábado (29), a partir das 22h.

A história da Xavabanda começa quando alguns amigos, torcedores do G. E. Brasil, reunidos em um churrasco no mês de outubro de 2007, discutiam a respeito do Carnaval de Pelotas, falando sobre as escolas de samba, bandas, blocos burlescos e a alegria contagiante dos foliões pelotenses.

Muitos “picadinhos” depois e várias cervejas apreciadas, eis que surge a ideia de levarem à Passarela do Samba uma entidade carnavalesca que representasse a torcida xavante, tão empolgada nas arquibancadas que certamente faria bonito em um desfile momesco. Treze anos depois, a Xavabanda acumula dois títulos do Carnaval de Pelotas e uma legião de fãs - não apenas na cidade, mas também no Rio de Janeiro, onde se apresentou por duas vezes na praia de Copacabana.

No dia 29 de março, durante a data oficial da folia pelotense, a Xavabanda defenderá o título com o enredo É justo?. Nele, discutirá a justiça nos tempos atuais, conturbadíssimos no Brasil, além de brincar também com o tema, inserindo a arbitragem de futebol no desfile que terá início às 22h30min, na Passarela do Samba. As camisetas para quem quiser estar junto do grupo neste momento estão à venda no link https://promove.rs/camisetasxavabanda2020

30 anos
O show que Netinho trará a Pelotas é recheado de nostalgia. No repertório, os 30 anos de fundação do Negritude Jr, grupo que ele ajudou a fundar e que se tornou um dos principais nomes da poderosa safra do pagode nos anos 1990, junto com nomes como Raça Negra, Pixote e Katinguelê.

Netinho deixou o Negritude Jr em 2001 para se dedicar à carreira solo, assim como aos programas de televisão que apresentava na época. Só, o músico lançou sete discos - o último exatamente o que traz a Pelotas, cantando os sucessos do grupo.

Serviço:
O quê: show de Netinho de Paula cantando 30 anos de Negritude Jr.

Quando: sábado, às 22h

Onde: quadra de ensaios da Xavabanda (General Neto, 61A)

Ingressos: o open bar custa R$ 60,00 e a pista R$ 25,00. Disponíveis na Mundo das Capas e Salão dos Brabos


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados