Música

Três novos rock de Pelotas para ouvir nesta segunda

Disorder, Aborto Podre e Consentrio lançam singles

03 de Agosto de 2020 - 09h02 Corrigir A + A -
Disorder lançará EP em outubro (Foto: Divulgação - DP)

Disorder lançará EP em outubro (Foto: Divulgação - DP)

Se o rock dormiu, esqueceram de avisar Pelotas. Só na semana passada, três bandas da cidade lançaram materiais inéditos, produzidos em meio à pandemia. Disorder, Aborto Podre e Consentrio vêm de escolas diferentes do gênero, mas se encontram na vontade de fazer música de qualidade. Os sons estão disponíveis nas plataformas digitais.

O Disorder surgiu em 2018, quando o vocalista João Pedro Ruas chamou o guitarrista Emanuel Murialdo para trabalhar em covers. A partir daí, novos membros foram ingressando no projeto que, ao crescer, sentiu a necessidade de criar músicas próprias. A primeira foi lançada na semana passada e se chama Rise and Fight. Atualmente, a Disorder é formada pelos dois, além de Lennon Márquez (baixista) e Robinson Oliveira (baterista).

Ao Diário Popular, Murialdo conta que todos os integrantes do grupo são amantes do rock; alguns mais próximos do hard rock, outros do heavy metal. “Pretendemos fazer um antigo novo...      queremos pegar a característica de composição do rock na sua época de ouro, anos 80 e 70, por aí, mas deixar com uma sonoridade mais atualizada.”

Está nas pretensões da Disorder alcançar um espaço no rock regional e, se possível, nacional. “Sabemos que é uma luta difícil, pois é um nicho musical que está muito defasado atualmente. Mas contamos com uma possível união das bandas para fortalecer novamente a cena”, comenta o guitarrista.

 Até outubro a banda seguirá lançando singles e, aí enfim, um EP. Para 2021, a ideia é subir aos palcos assim que a pandemia do novo coronavírus for controlada. “Nossos planos acabaram afetados pela Covid-19, mas ao mesmo tempo tivemos a oportunidade de focar totalmente nas gravações, o que hoje vemos como algo totalmente positivo para a banda”, finaliza Murialdo.

Punk

A Aborto Podre é representante do punk na cena de Pelotas desde os anos 1990. A formação atual tem Caveira nos vocais, Marcelo Rubira na guitarra, Rafinha na bateria e Carnicero e Vamp no baixo. Na semana passada, o grupo lançou o single Tempo Sinistro.

Ao Diário Popular, Rubira explica que a canção é uma resposta ao momento atual do Brasil. “A atual conjuntura do Governo Federal e o fanatismo político que estamos vivendo. Além de outras atrocidades que estamos passando em relação a saúde, educação e cultura. Estamos vivendo um retrocesso mental da sociedade em relação ao militarismo”

A Aborto Podre participará em 2020 de uma coletânea com bandas da Argentina, Indonésia e também do Brasil. O lançamento deverá ocorrer ainda em agosto. Os pelotenses também devem lançar um disco inteiro em 2022. 

 

Caçula das três, a Consentrio é desde já uma das gratas surpresas do rock pelotense em 2020. A banda lançou um EP homônimo no início do ano com cinco faixas e, desde então, tem concentrado esforços no lançamento de diversas faixas single.

Após São Paulo e Direto pro Sol, a Consentrio lançou na semana passada Qual é a Questão, na mesma onda experimental das anteriores. O grupo também tem produzido videoclipes para as músicas lançadas. 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados