Show

Salve Arte Festival chega a segunda edição

Proposta virtual da Casa do Tambor homenageia o Griô Dirlemando Freitas

24 de Setembro de 2020 - 16h22 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Mestre Griô lança o espetáculo Sarau do sopapo (Foto: Divulgação - DP)

Mestre Griô lança o espetáculo Sarau do sopapo (Foto: Divulgação - DP)

Sulimar Rass apresenta composições do recente álbum, Canções inerentes (Foto: Divulgação - DP)

Sulimar Rass apresenta composições do recente álbum, Canções inerentes (Foto: Divulgação - DP)

 Miguel Dávila, ator circense, é uma das atrações (Foto: Divulgação - DP)

Miguel Dávila, ator circense, é uma das atrações (Foto: Divulgação - DP)

Depois de uma primeira edição muito bem-sucedida em agosto, está de volta o Salve Arte Festival. O evento, realizado pela Casa do Tambor, levará ao público quinta-feira (24) e sexta-feira (25) um show virtual com oito atrações, a partir das 20h nas plataformas on-line do projeto, como Facebook e canal do Youtube.

Salve Arte foi criado em meio a um mar de incertezas em que mergulhou o setor cultural durante a pandemia. A ideia era criar novas oportunidades à arte da Zona Sul e abrir caminhos para trabalhadores culturais no período no período de retomada das atividades.

O projeto chegou com a proposta inédita e agregadora e conseguiu unir mais de 60 trabalhadores, entre artistas de diferentes linguagens culturais e produtores, com a realização de espetáculos exibidos em plataformas virtuais. Na sua segunda edição traz o Griô Dirlemando Freitas como artista homenageado.

"A proposta reflete o que queremos oferecer de melhor, de mais bonito e mais verdadeiro. Estamos nos unindo e nos reconhecendo", declarou o artista e produtor Kako Xavier, idealizador do Festival. As paredes e o palco da Casa do Tambor ganham ainda mais vida, som e luz, ecoando a magia e a força de cada apresentação. O público tem acesso, de forma gratuita, aos espetáculos a cada edição, intercalados por entrevistas, clipes, depoimentos e sorteios.

O evento virtual pretende estabelecer um novo marco cultural para a zona sul, com coletividade, colaboração, diversidade, união e fortalecimentos entre artistas, público e produtores. O projeto tem ainda uma vaquinha virtual (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/salve-arte-festival) para ajudar os artistas envolvidos nesta produção. Saiba mais pelo site oficial: salveartefestival.com.

Programação:

Quinta-feira (24), às 20h

20h - A bailarina e professora Débora Allemand, de Porto Alegre, apresenta Dilermando Freitas, artista homenageado desta edição. O Mestre Griô lança o espetáculo Sarau do sopapo, no qual oferece a dança, a poesia e os cantos de trabalho africano dando o protagonismo ao Tambor Rei.

20h15min - A artista da dança Maria Elvira, de Madrid, Espanha, apresenta Robledo Martins. O artista traz um show intimista que apresentará um breve histórico musical da sua trajetória de 35 anos na música nativista.

20h30min - Grupo Você Sabe Quem Cia de Teatro, de Pelotas, apresenta Pâmela Fogaça e Lucian Leal. A dupla apresenta a performance Encantações - ninho de vivência, um espetáculo que integra teatro performativo e música.

21h45min - A jornalista Ediane Oliveira, de Pelotas, apresenta Regino Matimbe. O guitarrista Moçambicano traz um ritmo vibrante na música instrumental. Apresenta sua construção musical com solos, harmonias, dinâmicas e improvisação.

Sexta-feira, às 20h

20h - O instrumentista Zoca Jungs, de Lajeado, apresenta Sulimar Rass. O artista mostra as composições do CD, recentemente lançado, Canções inerentes. Este, produzido e arranjado por Edu Martins, foi gravado parte no Brasil e parte na Argentina.

20h15min - Bela Levi, de Brasília, apresenta O Grupo Malv, representado por Miguel Dávila, ator circense que irá apresentar com o espetáculo uma performance com múltiplas linguagens artísticas intitulada Amarte, na qual expressa toda a sua versatilidade e amor pela arte.

20h30min - A artista Maria Antônia, de Pelotas, apresenta a cantora Luana Moâne. Compositora e instrumentista, traz nas suas composições as raízes da música popular brasileira no contexto de sua trajetória. A artista esbanja simplicidade em uma personalidade forte e impactante.

21h45min - Gilberto Oliveira, de Rio Grande, apresenta Da Viola. Lançando o show Samba bom, o cantor e compositor gaúcho apresentará suas canções autorais, homenageia a cidade de Pelotas cantando o cotidiano e exaltando o amor.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados