Atração

Produção de Pelotas tem curta selecionado para a 4ª Mostra Sesc de Cinema

Filme dirigido por Alexandre Mattos Meireles, Além da Fronteira foi selecionado para o Panorama Estadual

19 de Setembro de 2021 - 20h04 Corrigir A + A -
 (Foto: Divulgação - DP)

(Foto: Divulgação - DP)

A Mostra Sesc de Cinema terá 21 representantes do Rio Grande do Sul na edição de 2021. O documentário De olhos abertos foi selecionado para o Panorama Brasil, que acontece de 1º a 8 de novembro, e outras 20 obras serão exibidas no Panorama Estadual, que vai de 11 a 21 de novembro. No total, foram inscritos 155 filmes gaúchos. A lista completa de projetos selecionados para o evento está disponível no site www.sesc.com.br/mostradecinema.

Dirigido por Charlotte Dafol, De olhos abertos fala sobre as dificuldades dos moradores de rua que produzem e vendem seu próprio jornal, o Boca de rua, em Porto Alegre. Circulando há 18 anos, o informativo significa, além de uma fonte de renda, uma ferramenta de denúncia e de organização perante a sociedade. Com duração de 112 minutos, o longa foi produzido pela Agência Livre no ano de 2020.

A mostra estadual contará com os curtas Além da fronteira, de Pelotas e dirigido por Alexandre Mattos Meireles, Amanhecendo cicatrizes, Amarelo cárcere, Bago sujo, Cacicus, Corpo mudo, Eu não sou um robô, produzido e dirigido por egressos do curso de Cinema da Universidade Federal de Pelotas, Fica em casa, Rafael, Laços do ofício, Lacrimosa, Love do amor, Minha aldeia, minha vida - Yvy Poty Rã - Uva Povo’a Kuery, Noite macabra, Quando te avisto, Tá foda, Teko Mbaraete - Fortalecimento da vida, Um pedal, Vérnix e Visita íntima e o longa Mudança. As exibições acontecerão de forma virtual.

Além dos aspectos técnicos e narrativos, a comissão que selecionou os filmes levou em consideração elementos sociais, diversidades de linguagens e representatividades de gênero, raça, cor e territórios. Dentro deste contexto, o Panorama Estadual conta com realizadores de dez cidades (Santa Cruz do Sul, Porto Alegre, Três Passos, Canoas, São Francisco Paula, Santa Maria, Restinga Seca, Pelotas, São Miguel das Missões e Viamão), três filmes com temáticas indígenas e obras dirigidas por 13 mulheres, 18 homens e duas pessoas não binárias.

Eixos temáticos

Com o objetivo de ampliar a discussão e aprofundar os conteúdos apresentados pelos filmes, serão realizados debates baseados em cinco eixos temáticos: Traumas Sociais e Psicológicos, Superação e Resiliência, Experimentações Narrativas, Paradigmas Sociais e Privilégios e Povos Originários - (Re)Existências, colonizações, apagamentos históricos, presença e invisibilidade. Realizados no período do Panorama Estadual, os bate-papos ocorrerão de forma virtual, em plataforma a ser definida, com inscrições gratuitas para o público. A programação completa será divulgada na segunda quinzena de outubro no site do Sesc/RS.

Com a característica principal de incentivar a produção nacional independente que não chega ao circuito comercial de exibição, a Mostra Sesc de Cinema chega à quarta edição em 2021 e é composta pelos panoramas Nacional, Estadual e Infantojuvenil. Participam da competição os filmes dos panoramas Brasil e Infantojuvenil, com premiações de R$ 5 mil para longas, R$ 3,5 mil para médias e R$ 2,5 mil para curtas-metragens. As obras vencedoras serão exibidas nas unidades do Sesc e de instituições parceiras de caráter cultural e educativo, com entrada gratuita, ou em ambientes digitais dentro de páginas, aplicações e domínios do Sesc em todo o Brasil, pelo período de até um ano.

Mesmo em meio à pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue próximo da comunidade gaúcha. Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços continuam sendo entregues e fizeram diferença na vida de milhares de pessoas em 2020, que passaram a ter à disposição alternativas virtuais de produtos e serviços. O portal www.pertodevc.com.br segue com programação online e gratuita em variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados