Novidade

O Simões que eles conheceram

Trabalho de Carlos Sica Diniz dá destaque a depoimentos de quem conviveu com o autor de Contos Gauchescos

14 de Outubro de 2020 - 22h00 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Obra está à venda com exclusividade na Livraria Monquelat (Foto: Jô Folha - DP)

Obra está à venda com exclusividade na Livraria Monquelat (Foto: Jô Folha - DP)

O Instituto João Simões Lopes Neto, juntamente com o autor, realizam nesta quinta-feira (15) lançamento virtual da obra Eu conheci João Simões Lopes Neto - Recordações de contemporâneos do escritor, de Carlos F. Sica Diniz. Será a partir das 14h, num ato simbólico na sede do IJSLN. A obra reúne depoimentos de pessoas que conviveram com o escritor e jornalista pelotense e contam um pouco sobre a personalidade marcante do Velho Capitão.

Eu conheci João Simões Lopes Neto é um livro leve na sua leitura, mas que aprofunda conhecimentos sobre o homem Simões Lopes Neto. Por meio de um conjunto de mais de 20 depoimentos, alguns conhecidos pelos simoneanos, mas que estão reunidos pela primeira vez.

Coube a Sica Diniz examinar o material com um olhar crítico, pinçando os depoimentos que situam o leitor no conjunto dessa trajetória. O biógrafo do autor de Contos Gauchesco (1912), além de ter reunido e editado esse textos, escreveu notas explicativas sobre cada um deles, notas de rodapé, uma introdução e um estudo final onde apresenta novidades ainda não publicadas sobre vida de Simões, atualizando a biografia lançada em 2003.

Diniz ainda leva para seu mais recente livro tópicos biográficos sobre cada um dos depoentes. Há ainda, uma bibliografia e um índice onomástico ao final. A apresentação é do professor e pesquisador Luiz Augusto Fischer.

Ferramenta

Os depoimentos sobre a vida de Simões têm pessoas que conviveram com o autor pelotense e deixaram registrado em alguma publicação, como livros e jornais, suas impressões sobre ele. “Eu considero esse livro uma ferramenta que proporciona uma maior aproximação com o homem que foi João Simões”, diz o escritor.

O biógrafo antecipa que os depoimentos abordam o jeito de Simões ver o mundo, suas manias, sonhos, fantasias e projetos. Mostra ainda o espírito solidário e bondoso do pelotense.

Entre os pareceres que o autor destaca estão o do marceneiro Francisco de Paula Cardoso, amigo pessoal de Simões. Cardoso foi convidado pelo Velho Capitão para estudar na Academia do Comércio que funcionava no Clube Caixeiral, onde era professor. A amizade entre eles surgiu ali.

Também estão presentes considerações de Luiz Simões Lopes, primo de Simões, e de jornalistas que conviveram como ele, como Pedro Vergara e professor Palla Alves. Alguns desses depoimentos foram coletados quando Diniz pesquisa para a biografia, outros vieram posteriormente. “Achei que eu tinha material suficiente para reunir e transformar em algo útil”, comenta.

Venda on-line

Por causa da pandemia o escritor restringiu, por enquanto, o lançamento a um ato virtual. Os interessados na aquisição devem depositar o valor da obra, de R$ 48,00, na conta do Instituto João Simões Lopes Neto. 

Os exemplares serão enviados autografados pelo autor para a residência do comprador. Informações para o depósito: Banco: 041 Banrisul; Agência: 0475; Conta: 06.0265010-9; CNPJ - 03.817.985/0001-30.
O livro também está à venda na livraria Monquelat, rua General Telles, 558, em Pelotas, e na Martins Livreiro em Porto Alegre.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados