Livros

Literatura infantojuvenil é tema de curso

Inscrições gratuitas estão abertas ao público até o dia 16 de agosto

29 de Julho de 2021 - 11h21 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Como os escritores abordam temas sociais é uma das temáticas  (Foto: Divulgação - DP)

Como os escritores abordam temas sociais é uma das temáticas (Foto: Divulgação - DP)

Estão abertas as inscrições para o curso de extensão Na Corda Bamba: Socializando a Literatura Infantil e Juvenil. A atividade do Instituto de Letras e Artes (ILA) da Furg e tem a parceria da prefeitura do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura, Esporte e Lazer (SCEL) e do Teatro Municipal. O evento será realizada no formato on-line e terá cinco encontros, um por mês, a partir do dia 18 de agosto, sempre às 19h30min.

As inscrições são gratuitas e estão abertas. O prazo vai até dia 16 de agosto e podem ser efetuadas acessando o link: bit.ly/na-corda-bamba . A confirmação, bem como, os acessos à plataforma digital que irá transmitir as aulas, serão encaminhados aos participantes para o endereço de e-mail informado no formulário preenchido na inscrição. Esclarecimentos e mais informações poderão ser obtidas através do e-mail: projetonacordabamba@gmail.com.

A proposta de evento um evento voltado para a literatura infantil e juvenil surgiu na coordenação do Teatro Municipal do Rio Grande. Foi feito então um convite à professora Mairim Piva, coordenadora do projeto Socializando a Leitura (ILA/Furg) para que se juntasse à proposta. Ela aceitou a proposta e batizou o projeto de Na corda bamba, nome de um dos livros da escritora Lygia Bojunga.

Público-alvo

O público-alvo é formado professores, estudantes, bibliotecários, contadores de histórias, trabalhadores da área do teatro, profissionais do livro, além de jovens e adultos de diferentes faixas etárias que tenham interesse em conhecer o universo da literatura infanto-juvenil.

Uma das coordenadoras da proposta, Luciana Gepiak, que trabalha no Teatro representando o setor de literatura da Secretaria, diz que o curso é para apaixonados por essa temática, além de ser mais um estímulo à leitura. "Vamos falar sobre as tendências da literatura juvenil hoje, quais temáticas utilizadas e vamos trabalhar os contos de fada na atualidade. Até onde vai essa literatura infantil, onde começa a literatura juvenil? A gente vai ficar orbitando nesses caminhos", fala a coordenadora.

Temas

Sobre os encontros, Luciana adianta que a literatura contemporânea conduzirá o curso. Serão abordadas a poesia infanto-juvenil, questões sociais como a LGBTQI+ dentro da leitura para jovens, entre outros assuntos. O curso vai tratar ainda sobre a obra da Lygia Bojunga, escritora pelotense que conquistou em 1982 o prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantil.

Junto com Luciana está na coordenação da proposta outra funcionária do Teatro, Cristiane Rivero, do setor das Artes, e a diretora da entidade, Alzira Paiva. Para Luciana é muito importante que a função do Teatro vá além do palco, estimulando principalmente a base das artes teatrais que é o texto. "O Teatro está nesse papel junto, para essas pessoas envolvidas com o teatro o conhecimento das histórias e leituras é muito importante para escolha dos textos e roteiros."

Programação:

18 de agosto: Vamos brincar de poesia _ professora Fabiane Resende

1º de setembro _ Entre contos e encantos: os contos de fadas no século 21 _ professora Ana Luisa Feijó Cosme

20 de outubro _ Tendências da literatura infantil e juvenil contemporânea; entre a história e a ficção _ professora Rosane Maria Cardoso

17 de novembro _ Literatura jovem brasileira e a comunidade LGBTQI+: diálogos possíveis _ professor Henrique Fernandes

1º de dezembro _ As tênues fronteiras na produção de Lygia Bojunga _ professora Cláudia Mentz Martins


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados