Coronavírus

Jogo que se joga junto

Games gratuitos estimulam o lazer e promovem o contato entre quem está distante

08 de Abril de 2020 - 11h40 Corrigir A + A -
No Gartic, jogadores fazem e adivinham desenhos (Foto: Divulgação - DP)

No Gartic, jogadores fazem e adivinham desenhos (Foto: Divulgação - DP)

Entretenimento e contato com outras pessoas são primordiais para manter a saúde mental em dia durante o difícil período de isolamento social. Neste sentido, jogos on-line são uma boa escolha para suprir as duas necessidades. E as opções são as mais variadas, dos mais simples jogos aos mais elaborados, dos clássicos às novidades.

Com a família

Esses dá até para chamar aquela avó que está distante, porque é grupo de risco quando se fala de Covid-19. São jogos simples, sem muita burocracia para inscrição e também bastante clássicos, não demandando grandes explicações sobre o funcionamento.

O primeiro deles já é um clássico da internet. O Gartic é baseado em uma competição de adivinhar desenhos. Os competidores se revezam entre fazer e interpretar os rabiscos. Basta acessar o site, criar uma sala e chamar quem quiser para esse divertido campeonato.

Outro jogo clássico que também tem versão digital é o Stop. E não há grandes diferenças do método tradicional: através do sorteio de uma letra, os participantes têm que escrever palavras que com ela comecem dentro de categorias preestabelecidas.

Dos tabuleiros, outro jogo muito conhecido de diversas gerações também tem versão digital e gratuita. É o War, famosa disputa por territórios onde os competidores recebem objetivos e buscam completá-los através de estratégias bem construídas.

O pelotense Paulo Nobre optou pelo Gartic e o Stop como forma de entretenimento durante o isolamento. A escolha, ele explica, se deu exatamente pela facilidade e pela opção de partidas rápidas. “Os jogos ajudam a não ficar tão sedentário mentalmente. Por permitirem uma grande quantidade de participantes, também ajudam a interagir com mais pessoas ao mesmo tempo”, completa.

Com os amigos
O Haxball é um intermediário entre os jogos mais tranquilos e aqueles que demandam um pouco mais de atenção na hora de aprender. O jogo é de fácil adesão, não necessita de inscrição, mas é preciso prática para pegar o jeito. É basicamente uma disputa de futebol entre dois jogadores ou duas equipes representados por esferas. As partidas tendem a ser emocionantes e os erros, engraçadíssimos.

Evoluindo um pouco na complexidade, o Hearthstone é outra ótima opção para diversão entre amigos. Trata-se de um jogo de cartas em que os jogadores montam decks e utilizam feitiços, armas ou habilidades heroicas. Além do computador, existe também a opção para smartphones.

O Haxball é um intermediário entre os jogos mais tranquilos e aqueles que demandam um pouco mais de atenção na hora de aprender. O jogo é de fácil adesão, não necessita de inscrição, mas é preciso prática para pegar o jeito. É basicamente uma disputa de futebol entre dois jogadores ou duas equipes representados por esferas. As partidas tendem a ser emocionantes e os erros, engraçadíssimos.

Evoluindo um pouco na complexidade, o Hearthstone é outra ótima opção para diversão entre amigos. Trata-se de um jogo de cartas em que os jogadores montam decks e utilizam feitiços, armas ou habilidades heroicas. Além do computador, existe também a opção para smartphones.

 

Steam disponibiliza jogos

A plataforma Steam disponibilizou uma série de jogos gratuitamente. Confira a lista:

World of Warships 

Brawlhalla

Warframe

Counter-Strike: Global Offensive

War Thunder

Black Squad 

Team Fortress 2

Dota Underlords

Fallout Shelter 

RaceRoom Racing Experience

Ironsight 

Yu-Gi-Oh! Duel Links 

Drawful 2 

Project Mercury

Martian Law

Paladins Sands of Myth

Tree of Savior

Fishing Planet 

Destiny 2 

Kung Fury 

Albion

Trove

 

Onde jogar cada um dos jogos citados:

Gartic - https://gartic.io/

Stop - https://stopots.com.br/

War - https://www.waronline.com.br/

Haxball - https://www.haxball.com/

Hearthstone - https://playhearthstone.com/

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados