Música

Iza apresenta Dona de mim

Cantora carioca estará em Pelotas neste sábado em show recheado por repertório de hits da carreira, que prometem colocar o público para dançar no Centro de Eventos

13 de Março de 2020 - 16h15 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

O repertório é formado pelas músicas já conhecidas na voz da cantora, como Pesadão e Ginga, além da faixa título (Foto: Divulgação - DP)

O repertório é formado pelas músicas já conhecidas na voz da cantora, como Pesadão e Ginga, além da faixa título (Foto: Divulgação - DP)

De volta à estrada, a cantora Iza é a atração nacional neste fim de semana em Pelotas. No palco montado no Centro de Eventos, ela interpretará as faixas do primeiro álbum da carreira, lançado em 2018 e destacado por diferentes listas como um dos melhores daquele ano. A turnê Dona de mim traz as composições que se tornaram hits da cantora e algumas novidades.

O repertório é formado pelas músicas já conhecidas na voz da cantora, como Pesadão e Ginga, além da faixa título. Iza canta também algumas músicas novas, como No ponto, Rebola e Lado B. Também estão incluídos os singles recém-lançados Brisa, Meu talismã e Evapora - para alegria dos fãs.

"Desde que me lancei no YouTube e comecei a fazer shows, eu apresentava mais versões do que músicas próprias e agora que o álbum está lançado, o repertório será com muitas músicas do disco e singles que lancei depois disso", conta Iza. E como não poderia deixar de ser, tem ainda muita dança.

E no quesito dança, a cantora tem companhia no rebolado, são seis bailarinos que prometem ajudar a manter a energia do show bem no alto. A banda que acompanha Iza no palco é formada por Bruno Costa (guitarra), Alex Favilla (DJ) e Thiago Medeiros (teclados), além de um time de backing vocals, formado por Murilo Santos, Letícia Pedroza e Júnior Tavares. Na direção-geral está Raoni Carneiro e a cenografia é de Zé Carratu. A direção musical é de Sérgio Santos, com coprodução de Ruxel.

Sobre o show, a cantora revela que pôde se envolver em todas as etapas da produção. "Pude sentar com todas as pessoas envolvidas e lançar muito mais que um show - nós lançamos um conceito. "Estar na estrada com esse show agora é uma realização", completa.

Vozeirão
A irrequieta e talentosa carioca de 29 anos ganhou o coração dos fãs não só pelo repertório pop com raiz no funk, mas também pela voz poderosa. Seu trabalho traz uma estética internacional, inspirado em artistas do show business mundial que fazem a cabeça da nova geração, mas amarrado a referências bem brasileiras. E é exatamente isso o que se ouve no single Quem sabe sou eu, canção escrita por Pretinho da Serrinha, Gabriel Moura e Rogê, que chegou ao mercado em novembro de 2016 e consolidou parceria desse fenômeno da internet com a gravadora Warner e a Agência de Música.


Com balanço irresistível e letra empoderada, Quem sabe sou eu foi incluída na trilha de Rock story, novela da faixa das 19h da Rede Globo. Iza, que fez vários programas da emissora, desde o ano passado é uma das técnicas do The Voice Brasil. Programa que ajudou a torná-la mais popular ainda.

O começo foi há quatro anos, quando a publicitária Iza resolveu largar tudo e apostar na carreira de cantora. O vídeo em que mescla Flawless (Beyoncé) com Rude boy (Rihanna), o primeiro da série, hoje soma mais de dois milhões de visualizações. O sucesso dessas produções, obviamente, passa pela qualidade das interpretações de Iza, com um vozeirão impressionante, inglês impecável e visual hipnotizante.

"Quando você é uma cantora pop, você é muito mais do que a sua música. É preciso se comunicar como um todo. Vai do discurso até como você se veste." Iza diz isso com a maturidade de quem parece ter décadas de estrada. Com essa consciência, ela conseguiu construir uma sólida base de fãs e chamar a atenção de formadores de opinião. E sempre com total controle de seus passos. "No mercado pop, você é encarada como um produto. Para que não haja algum mal-entendido, você precisa dizer para o mercado quem você é."

Serviço
O quê: show Dona de mim, com Iza
Onde: Centro de Eventos de Pelotas, avenida Pinheiro Machado, 3.390
Quando: sábado, às 23h
Ingresso: R$ 44,00 (arena); R$ 132,00 (backstage) e R$ 66,00 (VIP copo cheio). On-line www.ticketmais.com.br


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados