Espetáculo

Instituto de Menores vai contar a história de Dom Antônio Zattera

Será às 19h do dia 26 deste mês, no Theatro Guarany e os ingressos já estão á venda ao custo de R$ 10,00

11 de Novembro de 2019 - 14h35 Corrigir A + A -

Em homenagem aos 120 anos de Dom Antônio Zattera, crinaçs e jovens atendidos pelo Instituto de Menores (Imdaz) farão uma apresentação às 19h do dia 26 de novembro, no Theatro Guarany, para contar a história do patrono através da música e da dança. Os interessados em assistir ao espetáculo de final de ano já podem adquirir os convites na própria instituição e com os parceiros do projeto.

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na sede do Instituto de Menores, na avenida Domingos de Almeida, 3.150, ao custo de R$ 10,00, ou também com empresas parceiras: Pizzaria Frank (avenida Bento Gonçalves, 3.439); Daisul Renault (avenida Dr. Augusto Simões Lopes, 6); Gráfica F5 (rua Princesa Isabel, 304); Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Igreja do Porto (rua Cel. Alberto Rosa, 251); Xerox Santa Cruz (rua Félix da Cunha, 412) e Associação Pelotense de Assistência e Cultura UCPel (rua Félix Xavier da Cunha, 412)

Voluntariado
Os pequenos e jovens artistas participam das atividades oferecidas pelo Imdaz durante o ano todo. Com a ajuda de profissionais voluntários, a instituição consegue oferecer aos estudantes da rede pública de ensino, e de famílias de baixa renda, atividades em turno inverso como aulas de dança, artes marciais, futebol e música.
Ligado à Mitra Diocesana, o Instituto de Menores também recebe o apoio da Prefeitura e da Universidade Católica de Pelotas.

Através da Secretaria de Educação e Desporto (Smed), o Imdaz se tornou um dos núcleos do projeto Quem Luta Não Briga, iniciativa do professor e mestre de taekwond, Rossano Diniz, que ensina o esporte gratuitamente para crianças a partir de sete anos. As aulas ocorrem nas segundas e sextas-feiras, das 10h30min às 11h30min e das 13h às 14h30min.

Instituto de Menores
O Instituto de Menores foi inaugurado em 3 de julho de 1924, com a fundação da Associação dos Meninos Desvalidos pelo então bispo de Pelotas Dom Joaquim Ferreira de Mello. A entidade atendia crianças e jovens menores de idade e em situação de abandono, oferecendo acolhida em regime de internato, semi-internato e externato. O objetivo era recuperar e oferecer melhores condições de vida.

Atualmente, o Imdaz atua com o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, através de oficinas socioeducativas e atividades de reforço escolar, recreação e lazer direcionadas à crianças e adolescentes, com idades entre 6 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social, oriundas de famílias com renda de até um salário mínimo ou que não possuam renda.

Além de oferecer refeições, cuidados com a higiene, acompanhamento nutricional e orientação educacional e religiosa para os usuários da instituição, a casa também disponibiliza curso de capacitação e geração de renda aos pais e familiares.

O Instituto de Menores está situado à avenida Domingos de Almeida, 3.150, e aceita doações de alimentos, vestuário, material didático, móveis, utensílios e valores financeiros, com a finalidade de prover suas atividades. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 3228-5505.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados