Exposição

Galeria virtual GIPC é inaugurada

Mostra fotográfica Morro Redondo: Paisagens é uma ação do grupo de pesquisa do programa interinstitucional vinculado à Cátedra Unesco-IPT

12 de Maio de 2021 - 16h08 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

A exposição traz fotografias de Ubirajara Budin Cruz e a galeria é apresentada pelo professor Luiz Oosterbeek, líder da Cátedra Unesco-IPT (foto: Ubirajara Budin Cruz)

A exposição traz fotografias de Ubirajara Budin Cruz e a galeria é apresentada pelo professor Luiz Oosterbeek, líder da Cátedra Unesco-IPT (foto: Ubirajara Budin Cruz)

Com uma live, é inaugurada nesta quarta-feira (12), a galeria da Gestão Integrada do Patrimônio Cultural (GIPC) com a exposição fotográfica Morro Redondo: Paisagens. O espaço virtual surge como uma das ações do Polo Morro Redondo, um braço da Cátedra Unesco-Instituto Politécnico de Tomar (IPT) Humanidades e Gestão Cultural Integrada do Território, no Brasil. A coordenação do projeto é dos professores Francisca Michelon e Fernando Igansi, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), que irão mediar o encontro on-line desta tarde, a partir das 17h.

A professora Francisca Michelon explica que as Cátedras Unesco são grupos acadêmicos formados em universidades internacionais que se propõem a desenvolver um trabalho de interesse social e mundial. Os polos são braços dessas cátedras em outros países, foi dessa forma que surgiu o Polo Morro Redondo, com o apoio e desenvolvimento das universidades Federal e Católica de Pelotas, em parceria com a prefeitura de Morro Redondo. “Hoje o trabalho é desenvolvido com o apoio do Programa de Pós-graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural da UFPel”, explica a coordenadora. A inauguração ainda integra os festejos do aniversário da cidade, data celebrada em 12 de maio.

Laneira inspira

A exposição traz fotografias de Ubirajara Budin Cruz e a galeria é apresentada pelo professor Luiz Oosterbeek, líder da Cátedra Unesco-IPT. Uma novidade neste projeto é o passeio virtual por entre a galeria que a proposta vai proporcionar aos visitantes.

A galeria parte de um projeto arquitetônico existente, que é a planta industrial da extinta fábrica Laneira Brasileira S.A., que hoje, sob a guarda da UFPel, tem o nome de Casa dos Museus. “A proposta é que seja uma ação que vá crescendo durante o ano, integrando várias funcionalidades.”, antecipa Francisca.
Nesta exposição é enfatizado um aspecto de Morro Redondo que vai ao encontro dos princípios da Cátedra, que é a valorização das características marcantes do município, neste caso o ambiente rural. Durante o ano vários aspectos que são bem importantes para a cidade vão ser destacados através de vídeos com a participação de pessoas da comunidade, como a agricultura familiar, a tradição doceira e como é feita essa transmissão de conhecimento, o Roteiro Morro de Amores, a evasão dos jovens e o turismo local, entre outros assuntos. “Pretendemos que essas articulações resultem em modelos práticos de gestão integrada a partir da cultura que acabe sendo exemplo para outras cidades detentoras de um patrimônio doceiro colonial, num prazo de dois anos”, diz a professora.

O quê: inauguração da galeria virtual da Gestão Integrada do Patrimônio Cultural (GIPC)
Tema da mostra: Morro Redondo: Paisagens, com fotos de Ubirajara Budin Cruz
Quando: nesta quarta-feira, às 17h
Mais informações: https://wp.ufpel.edu.br/gipc-morroredondo/galeria/


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados