Programação caseira

Ficar em casa pode ser muito bom

Isolamento como método de prevenção à Covid-19 é também oportunidade para novas formas de entretenimento

20 de Março de 2020 - 14h02 Corrigir A + A -
Carisma. Personagens de Stranger things cativaram o público. (Foto: Divulgação - DP)

Carisma. Personagens de Stranger things cativaram o público. (Foto: Divulgação - DP)

Éisso mesmo. Ao contrário de grandes shows, bombadas festas ou empolgantes eventos de rua, o caderno Tudo decidiu, nesta semana, trazer opções de como manter-se entretido dentro de casa. A decisão se deu pela recomendação da Organização Mundial da Saúde para que as pessoas evitem sair para as ruas durante a pandemia de Covid-19. Essa é a melhor forma de evitar a propagação do novo coronavírus.

Leia bastante
Ler é sempre bom. E o isolamento dentro de casa pode ser uma ótima ocasião para colocar o hábito em dia. Como forma de incentivar a quarentena, a Amazon do Brasil disponibilizou centenas de eBooks para serem baixados gratuitamente.

Tem de tudo: literatura brasileira clássica, por exemplo, como Os sertões, de Euclides da Cunha. Primeiro livro-reportagem do país, o título narra a Guerra de Canudos (1896-1897). Dissertações de mestrado, teses de doutorado e livros de ficção científica, como Eragon, também estão disponíveis. Para acessar o conteúdo basta entrar no link http://amzn.to/2xfd2nt.

Assista de tudo
No mundo atual, poucas opções de entretenimento são tão gostosas quanto fazer uma pipoca, sentar no sofá - ou até deitar na cama - e assistir a um filme ou uma a série. É o caso da Netflix, nome mais conhecido do setor. Nela, são diversas as opções para quem optou e pôde seguir pela recomendação de ficar em casa. Em termos de filmes, destaque para os indicados ao último Oscar: Dois papas, de Fernando Meirelles, sobre a relação entre o papa Francisco e o papa Bento XVI, e História de um casamento estão 100% disponíveis para apreciação. Se o assunto é série, bem, aí a coisa fica diversa mesmo. Se a opção for uma boa comédia, é possível maratonar a clássica Friends. Caso a ideia seja um drama bem construído, Breaking bad também está lá, assim como a derivada Better call Saul. E quando o assunto é fantasia, aí tem pra toda a quarentena mesmo: Stranger things e O mundo sombrio de Sabrina.

A brasileira Globoplay também é opção e está com boa parte do catálogo aberto durante o período. E lá, as opções são também bastante vastas: filmes como Thor - O Mundo Sombrio, Capitão América - O Soldado Invernal e Os Incríveis, além de séries como Shippados e Malhação.

Museus
Lógico que não é a mesma coisa, mas durante a quarentena é também possível visitar diversos museus do mundo inteiro sem sair de casa. Para encontrar no mundo virtual instituições como o Louvre, o Museu Metropolitano de Nova York (MET) e o Museu Casa de Portinari, em São Paulo, basta digitar o nome da escolhida no Google e entrar no site indicado.

Jogos on-line
Uma outra forma tranquilinha de se manter entretido nesse período, e essa é também menos solitária, é se aventurar em jogos simples da internet. Um exemplo é Gartic (www.gartic.com.br), competição on-line de desenhos e adivinhações. É possível criar uma sala privada e jogar com os amigos. Já em https://stopots.com.br/, a brincadeira é o famoso stop, com categorias escolhidas pelos jogadores.

Música boa
Em função da pandemia, a grande maioria dos shows que haviam sido marcados não só em Pelotas, mas no mundo todo, acabou cancelada ou adiada. Como forma de amenizar a lamentação pelo ocorrido, diversos artistas resolveram se apresentar através de lives na internet.

Caso da banda pelotense Consentrio, que lançaria EP homônimo hoje no Alegoria Casa Bar. O grupo optou por cancelar o encontro e transmitir on-line um show que realizará neste sábado (21), a partir das 21h, direto de Sapucaia do Sul.

A partir do jornal O Globo, diversos artistas nacionais também se mobilizaram para uma espécie de festival on-line que será transmitido no site do jornal, às 21h de hoje. Di Ferrero, Adriana Calcanhotto, Margareth Menezes e Martinho da Vila estão entre os confirmados.

O mais simples
Tem ainda uma última opção, que também é ótima. Utilizar esse tempo para reorganizar os pensamentos, reconectar-se consigo e relaxar no local mais indicado para tudo isso: a casa da gente.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados