Literatura

Festim de Maio ganha versão virtual

Segunda edição de evento literário promovido pelo Coletivo Autores de Pelotas ocorre sexta-feira e sábado

28 de Maio de 2020 - 21h30 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Autores fundaram o grupo no ano passado (Foto: Divulgação - DP)

Autores fundaram o grupo no ano passado (Foto: Divulgação - DP)

Sem deixar de estar em sintonia com a prática de isolamento social, no combate a pandemia de Covid-19, o Coletivo Autores de Pelotas realiza o 2° Festim de Maio #EuLeioPelotas, mas desta vez em uma versão totalmente virtual. O evento, que ganhou até um subtítulo - Ecos do Isolamento, ocorre sexta-feira (29) e sábado, a partir das 10h, com um cardápio variado de atividades voltadas ao estímulo à leitura.

Na programação estão seis Pocket Lives - intervenções ao vivo de escritores e poetas, com temas variados entre os dois dias e um sarau literário, sexta-feira às 20h15min. Sábado, às 15h, ainda haverá entrevista com a escritora Fernanda Monteiro, além de vídeos literários de um minuto de duração, com poemas e trechos de livros de integrantes do Coletivo.

Outra novidade desta edição será a exibição de dois curtas-metragens, Amor de minha Live e Recortes de Hortênsias de Agosto. Ambos foram realizados dentro da proposta de isolamento social. Sábado, às 18h, será apresentada a primeira antologia do Coletivo, Enquanto o inverno não chega, em processo de produção e com previsão de publicação após a pandemia.

O encerramento do Festim, sábado às 20h15min, será com um bate-papo de integrantes do Coletivo, transmitido ao vivo pela internet. Os autores, a partir do tema norteador Depois deste extremo no inverno, irão abordar a produção literária em tempos de isolamento e o primeiro e-book temático do grupo, em produção.

Uma das organizadoras do evento, a escritora e jornalista Joice Lima, explica que as Pocket Lives terão aproximadamente 30 minutos. "Vamos transmitir, ao mesmo tempo, pelo canal do YouTube Eu Leio Pelotas e colocar o link da transmissão na fanpage Eu Leio Pelotas no Facebook", conta. Tanto o sarau e quanto o bate-papo serão pelo Streamyard transmitidos direto ao Facebook.

A autora comenta que o e evento tinha sido planejado nos moldes do que ocorreu em maio do ano passado, mas diante das atuais circunstâncias teve de ser alterado. "O Coletivo entende que é muito importante que, quem puder, fique em casa", diz. Para o grupo de autores as atividades on-line, sobretudo as culturais, nesse momento, são muito importantes para a saúde mental dos cidadãos.

Neste novo formato, o 2° Festim de Maio #EuLeioPelotas (versão digital) - Ecos do Isolamento também se torna uma oportunidade de levar às pessoas, de todo Brasil e até fora dele, um pouco da produção literária pelotense. "Vamos dar ênfase ao que foi produzido nesses tempos de isolamento social", antecipa Joice Lima.

Sobre o Coletivo

O Coletivo Autores de Pelotas foi criado em 16 de fevereiro do ano passado. Com a marca #EuLeioPelotas, o grupo de escritores nascidos ou radicados em Pelotas (poetas, romancistas, cronistas, contistas, etc.) promove ações de estímulo à leitura, incentivo à escrita, para divulgar a produção literária pelotense e discutir temas ligados à literatura.

Programação

Sexta-feira (29)

10h - Pocket Live com Nara Müller: "Emoções e sua interferência na prosperidade"

12h - Ecos do Isolamento (vídeos literários)

14h - Ecos do Isolamento (vídeos literários)

16h - Ecos do Isolamento (vídeos literários)

18h - Pocket Live - Hora de Leitura com Luís Kurz

19h - Exibição do curta: Amor da minha Live, com Charlie Rayné

20h15min - Sarau Literário com autores do Coletivo Autores de Pelotas

Sábado (30)

10h - Ecos do Isolamento (vídeos literários)

12h - Pocket Live com escritor Charlie Rayné - Almoço com Poesia

13h - Pocket Live com o escritor Deco Rodrigues - Três contra todos, sobre um romance poliafetivo e outras formas de amar

14h - Ecos do Isolamento (vídeos literários)

15h - Entrevista com a escritora Fernanda Monteiro: Fernanda conversa com Joice Lima sobre seu livro de poesia, A vida sem Antônio, a participação no Coletivo Autores de Pelotas e futuros projetos na área literária.

16h - Pocket Live com a escritora Joice Lima: Hortênsias de Agosto, a história de um amor que renasce em um período de quarentena

17h - Recortes de Hortênsias de Agosto (Em tempos de quarentena) - Curta-metragem com cenas do romance Hortênsias de agosto, de Joice Lima

18h - Antologia Enquanto o Inverno não chega - conversa com os organizadores. Exibição de vídeo em que os escritores Marciele Goetzke, José Cláudio Soto Vidal e Patrícia Vahl falam sobre o processo de produção da primeira antologia do Coletivo Autores de Pelotas.

19h - Pocket Live com poeta Leonardo Alves: Uma introdução à poesia

20h15min - Bate-papo de autores - tema norteador: Depois deste extremo no inverno - produção literária em tempos de isolamento; produção do e-book temático.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados