Música

Festa ao som dos tambores

Kako Xavier e a Tamborada retomam os eventos com celebração especial ao trabalhador e gravação de clipe

27 de Abril de 2022 - 13h20 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

No repertório composições autorais (Foto: Mari Neuwald - Especial DP)

No repertório composições autorais (Foto: Mari Neuwald - Especial DP)

Neste sábado (30) o músico Kako Xavier e a Tamborada antecipam as homenagens ao 1º de maio com a festa/show O tambor do trabalhador. O evento ocorrerá no espaço Del Pátio, no Laranjal, a partir das 20h. O projeto marca o retorno dos shows da Tamborada, desde março de 2020. "A gente quer aproveitar o Dia do Trabalhador para fazer essa celebração com a volta da Tamborada", explica Xavier, que lidera o grupo. Durante o show ocorrerá a gravação do clipe da música O baile da Tamborada. A composição foi eleita a melhor música do Festival Tafona da Canção, na opinião popular, dentro do Rodeio Internacional de Osório-RS, em 2019.

Com autoria de Kako Xavier, esta obra vai ao encontro da nova proposta de trabalho do artista, ao promover a fusão do afrosamba com um baile bem gaúcho ao som dos tambores. "Vamos transformar o espaço do Del Pátio em um salão de baile, nesse formato baile gaúcho, mas com tambores. São dois olhares, o da grande festa e, o outro, é o da música gaúcha tocada com tambores", conta o músico.

Na letra de O baile da Tamborada Kako argumenta que a sonoridade dos tambores também pode se unir ao ritmo tradicionalista. "Baile bom vem na levada do Agê, Maracaxeta", diz a composição. "A gente faz essa inserção da etnia negra neste cenário gauchesco. E quando a gente levou essa composição para o festival, era um cenário bem gaudério e o público elegeu a nossa como a melhor música do festival. Durante a pandemia eu fiquei pensando porque a gente não se apropria desta ideia que o baile gauchesco pode e deve ter tambor", diz Xavier.

Para provar que é possível, a apresentação dessa música terá a participação do gaiteiro Giovane Marques e de integrantes da invernada do CTG Thomaz Luiz Osório, que fará uma coreografia para a gravação do clipe. Segundo o compositor, O baile da Tamborada soa ao ritmo de um vaneirão com batuque. "A gente está levantando essa bandeira de tocar o vaneirão, mas recuperando a negritude do Rio Grande do Sul."

No repertório do show estão programadas 20 composições autorais, com letras que abordam a negritude, o Laranjal e o estilo praieiro. "A gente tem essa identidade mais nativista, com músicas como Te aprochega vivente, Coração do Sul e A morena e o sabiá são músicas, as quais eu venci festivais com elas. Nós trazemos a resistência da tamborada, de levantar a bandeira de pessoas negras e não negras convivendo juntas, é a nossa forma de colaborar no combate ao racismo", fala o músico.

Atualmente o grupo está fechado em 20 músicos, sendo que no palco sobem 12 integrantes com tambores e oito com instrumentos como, baixo, bateria, metais e violão. "O baile da Tamborada é feito com tambores artesanais, confeccionados pelos próprios ritmistas", ressalta.

Para participar deste momento e desta celebração, os ingressos antecipados do segundo lote estão disponíveis através do telefone (53)99989-2332, a R$15,00, o pagamento pode ser feito via pix.

Na Casa do Tambor

Além dos shows da Tamborada, a Casa do Tambor, no Laranjal, também está de volta à ativa com os encontros do tambor sopapo, nas segundas-feiras, e do tambor praieiro, nas quintas-feiras. Neste sábado será lançado um novo horário, nas terças, das 19h às 21h, para iniciantes. "É para quem quer participar da Tamborada, mas tem que aprender do início", explica Xavier.

Feira do Livro

A 48ª Feira do Livro da FURG, terá no seu encerramento, que acontece no dia 15 maio, a apresentação musical do grupo Kako Xavier e a Tamborada, também a partir das 22h. O evento ocorrerá na na Praça Didio Duhá, no Balneário Cassino, a partir do dia 4 de maio.

Serviço

O quê: festa O tambor do trabalhador

Atração: Kako Xavier e a Tamborada

Quando: sábado (30), às 20h

Onde: Del Pátio, rua Guaíba, 50, Laranjal

Ingressos: R$15,00 (segundo lote)

À venda: (53)99989-2332


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados