Música

ESTD lança novo clipe com dupla sertaneja

Do pagode ao sertão é o quarto projeto audiovisual da banda de Pelotas com sob tutela da Sony Music

24 de Novembro de 2020 - 11h11 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Banda tem 15 anos de carreira e praticamente a mesma formação do início  (Foto: Divulgação - DP)

Banda tem 15 anos de carreira e praticamente a mesma formação do início (Foto: Divulgação - DP)

Vídeo foi gravado em Santa Maria (Foto: Divulgação - DP)

Vídeo foi gravado em Santa Maria (Foto: Divulgação - DP)

Desde sábado está no Youtube o mais novo clipe musical da banda ESTD (Euseiki Tudanssa). O lançamento da composição Do pagode ao sertão tem a chancela da Sony Music, empresa com a qual o grupo pelotense assinou contrato há dois anos. O vídeo ainda conta com a participação da dupla sertaneja Sandro e Cícero, que também são artistas do casting da gravadora.

A composição de Rodrigo Oliveira, Cleitinho Persona e Elizeu Henrique é bem pra cima, uma aposta de hit que traz referências sonoras do sertanejo e do pagode dos anos 90. As gravações do clipe Do pagode ao sertão foram feitas em um bar no município de Santa Maria, terra natal de Sandro e Cícero, em setembro.

Esse é o quarto videoclipe que a banda lança na sequência desde o ano passado, Amnésia, de Ita Nascimento, Textão (também do trio Rodrigo Oliveira, Cleitinho Persona e Elizeu Henrique) e Narguilê, de Miguel Cardoso, (feat Poka Sombra). Além destes trabalhos com a Sony Music, o grupo lançou há dois meses o vídeo independente Pagode na Mansão, uma gravação feita neste inverno na antiga mansão Kraft, na rua Antônio dos Anjos e que hoje está parcialmente demolida. No clipe os músicos apresentam três covers, Apenas mais uma de amor / Só hoje / All star azul.

Nova fase

A ESTD completou 15 anos de estrada em 2020 e tem praticamente a mesma formação do começo. Na banda estão os irmãos Rodrigo e Raul Garcia, ambos na percussão, o vocalista Rodrigo Dias, o baixista Ita Nascimento e o tecladista Vinih Moraes. "Eu, meu irmão e o Ita somos fundadores e o Vinih entrou logo nos primeiros meses de banda. O Rodrigo Dias foi quem entrou depois, mas ele sempre esteve com a gente, viajando junto. Praticamente ele está desde o início da banda", conta Rodrigo Garcia.

Sobre a nova fase da banda, com clipes e músicas muito bem produzidas, Garcia diz que esse é o melhor momento da banda. "Desde que a gente fechou com Sony investimos bastante. A gente nunca teve a qualidade de material que estamos tendo agora", fala e lembra o trabalho desenvolvido agora pelo grupo, mesmo durante a pandemia.

O percussionista conta que a pandemia de Covid-19 chegou em um momento em que a banda estava fazendo quatro shows por semana em diferentes cidades do Estado. O encerramento das atividades artísticas a partir de março foi um choque para todos.

Passado o susto inicial o grupo viu que tinha muito a ser feito, mesmo longe dos palcos. "Não paramos de produzir material, porque já tínhamos coisas gravadas e tinha um planejamento de lançar um clipe. Tá bem legal a repercussão."

Dando sequência a parceria com a Sony, os músicos têm apostado bastante nas redes sociais e nas plataformas de música. Garcia argumenta que o mercado fonográfica mudou e hoje o sonho não é mais gravar CDs e sim manter uma excelente produção audiovisual. "Tem muito material produzido de muitas bandas e tu necessitas de qualidade e de investimento na internet pra ser reconhecido."

Uma das grandes alegrias da banda é ter hoje nos videoclipes da ESTD a marca da provedora de vídeos de músicas Vevo. "Era um sonho da gente que foi realizado. É um prazer cada vez que a gente vai ver um clipe nosso e entra aquele símbolo da Vevo."

Ainda para este ano o grupo espera lançar mais um produto, também independente, um programa que vai misturar pagode e cozinha. A ideia é que seja veiculado no perfil da ESTD no Youtube.

Serviço

O quê: lançamento do clipe Do pagode ao sertão

De quem: banda ESTD

Onde: https://youtu.be/4NMFwujjdyg 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados