Benefício

Cufa concede prêmio de edital

Serão 500 pessoas diretamente beneficiadas

03 de Maio de 2021 - 09h32 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Em Pelotas, na segunda-feira (3), será feita a entrega dos cartões de crédito pré-pago, no Mercado Público da cidade (Foto: Divulgação - DP)

Em Pelotas, na segunda-feira (3), será feita a entrega dos cartões de crédito pré-pago, no Mercado Público da cidade (Foto: Divulgação - DP)

Nesse inicio de maio, hoje e amanhã, a Central Única das Favelas do Rio Grande do Sul (Cufa-RS), a Cufa Frederico Westfalen, a Cufa Pelotas e a Secretaria de Estado da Cultura _ com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Pelotas e Rio Grande farão entrega de valores para as comunidades de Pelotas e Rio Grande. Será repassando cerca de R$1,5 milhão para as iniciativas culturais e os agentes culturais das comunidades periféricas atendidas pelo Programa RS Seguro da Secretaria Estadual de Segurança Pública, foco do Edital Ações Culturais das Comunidades.

Ao todo serão _ no Extremo Sul - cerca de 500 pessoas diretamente beneficiadas com os valores de R$ 2.000,00 reais para premiação de trajetórias individuais e R$ 5.000,00 e R$10.000,00 para iniciativas culturais coletivas com ou sem CNPJ. Muitas das iniciativas, nunca contempladas com nenhum recurso público para a dinamização de suas atividades comunitárias e culturais.

Em Pelotas, na segunda-feira (3), será feita a entrega dos cartões de crédito pré-pago, no Mercado Público da cidade. A entrega será agendada com cada agente, a fim de evitar aglomerações e respeitar os protocolos vigentes de segurança sanitária. Às 14h será realizada uma pequena cerimônia de entrega dos valores com a presença de algumas autoridades locais, representantes da Cufa e a Secretária Estadual da Cultura, Beatriz Araújo.

Em Rio Grande a entrega será amanhã, nas dependências da Secretaria de Cultural Municipal, que fica localizada no centro da cidade. Às 9h, terá um pequeno ato formal de entrega dos cartões pré pagos com a presença de autoridades locais, representantes da Cufa e a Secretária da Cultura do Estado.

Busca ativa
O edital das Ações Culturais das Comunidades lançado em janeiro com financiamento da Lei Aldir Blanc. Em fevereiro uma ação em diferentes bairros nas duas cidades fez uma busca ativa, com o apoio do Ônibus Lilás da Secretaria Especial de Política Para Mulheres do RS, de inciativas que se adequassem ao perfil da seleção. Na época o coordenador da Cufa em Pelotas, Sandro Mesquita, explicou que a busca ativa tinha objetivo de encontrar pessoas, ações, iniciativas que a sociedade não costuma achar relevante. "Às vezes algumas pessoas sequer se entendem como fazedores de cultura", disse Sandro Mesquita, na época.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados