Evento

Começa mais uma edição do Vertente da Música Nativa

Evento que volta a ser presencial terá 18 canções concorrendo, além da programação com shows

02 de Dezembro de 2021 - 21h42 Corrigir A + A -
O festival que ocorre anualmente recebeu inscrições não só do Rio Grande do Sul, mas também de Santa Catarina e Paraná - (Foto: Divulgação Difusora)

O festival que ocorre anualmente recebeu inscrições não só do Rio Grande do Sul, mas também de Santa Catarina e Paraná - (Foto: Divulgação Difusora)

Começa nesta sexta-feira e se estende até o próximo sábado 9ª Vertente da Canção Nativa, em Piratini. O evento, a partir das 19h, será realizado de forma presencial no Centro de Eventos Erní Pereira Alves e recebeu inscrições de todo o Estado. São 18 canções concorrendo em oito premiações.

O festival que ocorre anualmente recebeu inscrições não só do Rio Grande do Sul, mas também de Santa Catarina e Paraná. Ao todo, mais de 400 músicas foram submetidas à análise que definiu as finalistas. Os jurados João Batista de Deus, Frutuoso Araújo e Cristiano Quevedo serão os responsáveis por indicar as ganhadoras. Além de primeiro, segundo e terceiro lugar, também serão reconhecidos o melhor intérprete, melhor instrumentista, melhor melodia, melhor letra e também "a mais popular". Cada competidor pode vencer mais de uma categoria e, além do troféu, também recebe uma quantia em dinheiro.

Realizada de forma virtual no ano passado por conta da pandemia, a Vertente da Canção Nativa volta agora a ser presencial, seguindo os protocolos estabelecidos pelo governo do Estado. O acesso ao festival é gratuito e não terá limitações de público, mas é solicitado um brinquedo que será doado a crianças em vulnerabilidade no Natal. Além disso, é obrigatório o uso de máscara e a apresentação do comprovante de vacinação com primeira, segunda e terceira dose nos casos em que já estiver disponível.

A programação inclui apresentação de músicos locais e do Estado. Hoje sobem ao palco o grupo Quatro Cantos e o cantor Cristiano Quevedo, enquanto amanhã se apresentam Leonel Gomez e os Garotos de Ouro. Segundo a prefeitura, o evento é considerado importante por fazer o resgate da cultura gaúcha e incentivar a retomada do turismo na cidade através do incentivo a novos talentos.

Concorrentes na expectativa

Há mais de 15 anos escrevendo músicas e poesias, essa é a primeira vez que Maria Izabel Garcia, 56, participa do festival. Ela conta que após passar por problemas de saúde no ano passado, resolveu tomar coragem e se inscrever a música "Pateando no maneador", que retrata sua infância e a vida cotidiana no campo. Natural de Piratini, Izabel foi classificada na fase local e diz estar ansiosa pelo resultado. "Eu amo o tradicionalismo, amo esses festivais e a gente às vezes não participa pois se acha pequeno, sempre pensa que a canção do outro é melhor. Eu achava minhas músicas muito simples e que não poderiam concorrer, mas com tudo o que eu passei eu vi que somos todos iguais e se perder não tem problema, o importante é a música nascer", comenta.

Quem também está concorrendo com uma canção que fala sobre a vida no campo é o engenheiro agrônomo Eduardo Muñoz, 40. Sua música "Precisão" está classificada na fase geral. Participando pela segunda vez da competição, ele diz que esse é um dos poucos festivais que ainda segue ocorrendo na Metade Sul. "Minha expectativa é alta. Piratini é a nossa primeira capital farroupilha, uma cidade muito vinculada ao campo e que merece ter um festival grandioso como o Vertente."

 

Músicas classificadas para o festival

Fase geral

01 - Das coisas que eu acredito
Letra: Letra: Leonardo Borges
Música: Marcelinho Carvalho
Cidade: Santana do Livramento / Cruz Alta

02 - Sanga clara
Letra: Juarez Machado De farias
Música: Marco Aurélio Vasconcellos
Cidade: Piratini/ Porto Alegre

03 - Vila Morena
Letra: Marco Antônio Xirú Antunes
Música: Magno Farias Manetti e Roberto Luçardo
Cidade: Pelotas/Piratini

04 - Lida campeira
Letra: Jaime Brum Carlos
Música: Marcio Correia
Cidade: Restinga Seca / Santa Maria

05 - Ofício
Letra/Música: Érlon Péricles
Cidade: Porto Alegre

06 - Sou franco
Letra/Música: Anderson Mireski
Cidade: Venâncio Aires

07 - Pra seu Josino
Letra: Eduardo Schmitt
Música: Ricardo de Oliveira da Rosa
Cidade: Pelotas/Piratini

08 - Uma trova bem gaúcha
Letra: Rafael Chiappetta
Música: Carlos Machado
Cidade: Cachoeira do Sul/Cruz Alta

09 - Sereno
Letra: Otavio Lisboa
Música: Fabrício Marques
Cidade: Pelotas

10 - Precisão
Letra: Eduardo Muñoz
Música: Carlos Madruga
Cidade: Pelotas

11 - Gaudério
Letra: Maurício Oliveira/Willian Balladares
Música: Michael Colvara borges
Cidade: Pelotas

12 - De vento e pó
Letra: Juliano costa dos Santos
Música: Caine Garcia
Cidade :Júlio de Castilhos/ Bagé


Fase local


01 - Arquiteto campeiro
Letra/Música: Jeferson Almeida

02 - Pateando no maneador
Letra: Maria Izabel Furtado Garcia
Música: Antônio Marcos Garcia Damasceno

03 - Aurora
Letra/Música: João Paulo Moraes Correa

04 - Chacarera da capital
Letra/Música: Eduardo Pereira Andrade

05 - Casal de ovelheiros
Letra: Mozer Ávila
Música: Igor Moraes

06 - Partida
Letra: Horlando da Silva Garcia
Música: Kauê Trecha Leite


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados