On-line

Cine UFPel reabre com projeto virtual

Programação quinzenal estreia com o documentário Deus

02 de Julho de 2020 - 10h02 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Produção acompanha o cotidiano de uma mulher da periferia  (Foto: Divulgação - DP)

Produção acompanha o cotidiano de uma mulher da periferia (Foto: Divulgação - DP)

O Cine UFPel retoma atividades com novo projeto durante esse período de distanciamento social. A atividade prevê exibições quinzenais, a partir desta quinta-feira (2), de um filme seguido de conversa com um mediador e participação dos internautas, por meio de chat. Deus é a obra de estreia da sessão on-line, às 18h, transmitida pelo Facebook na fan page @cineufpel.

A coordenadora do Cine UFPel, professora Cintia Langie, faz a mediação deste primeiro encontro. Cintia lembra que a sala esteve interditada durante o ano passado por causa de um incêndio na Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim, onde reside o projeto, em setembro de 2018.

O espaço foi liberado este ano, mas por causa da pandemia de Covid-19 a sala de cinema não pode retornar este ano e nem deve voltar a receber atividades presenciais tão cedo. "Ficamos esperando para ver o que iria acontecer, mas quando a UFPel veio com a ideia do calendário alternativo pensamos em retomar o projeto, mas de forma remota", explica a professora.

Como a Universidade está disponibilizando muitas atividades virtuais a ideia é começar aos poucos. Por este motivo as sessões serão, em princípio, somente nas quintas-feiras, a cada 15 dias, sempre às 18h. Este semestre o foco são os curtas universitários, ou seja, neste primeiro momento estarão em destaque os filmes produzidos por alunos ou ex-alunos do curso de Cinema.

Cada exibição será acompanhada por conversa com um representante da produção do filme. As sessões devem ter no máximo uma hora e meia de conteúdo. Ao fim da atividade o vídeo ficará disponível para quem não pode estar presente na hora marcada.

Cintia explica que estas sessões são abertas a toda comunidade, mas o público alvo são os acadêmicos. A ideia é levar, durante as discussões, experiências de quem já saiu da academia. Para fazer esse intercâmbio entre estudantes e egressos, vão ser convidados acadêmicos e ex-acadêmicos de outras universidades também. "Como o Cine UFPel é uma sala que tem muitos seguidores, muitas pessoas da comunidade vão querer acompanhar, o que vai acabar ampliando o debate."

Premiado em festivais

O documentário Deus, (2017) dirigido por Vinícius Silva, surgiu como trabalho de conclusão de curso do ex-aluno do curso de Cinema e Audiovisual da UFPel. Em 25 minutos o filme acompanha a rotina de Roseli, expondo o dia a dia de mulheres negras da periferia da cidade de São Paulo que batalham para garantir seu sustento e, especialmente o de seus filhos.

O filme participou de mais de 70 festivais ao redor do mundo, como Festival Internacional de Cinema Universitário de Pernambuco (MOV) na sua estreia nacional e no Festival Janela Internacional de Cinema do Recife, no qual recebeu o prêmio de Melhor filme. A primeira exibição internacional foi no Festival Internacional de Documentários de Buenos Aires.

A produção ainda conquistou mais de 40 prêmios nas categorias Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Montagem, Melhor Curta Metragem de Ficção, Melhor Curta Metragem Documentário, Melhor Atriz, entre outros. "Esse filme teve uma grande repercussão, um filme universitário que ficou bem conhecido no país inteiro. Depois que o Vinícius se formou ele já fez outros filmes, inclusive um longa", comenta a professora.

Serviço

O quê: projeto Cine UFPel na Quarentena
Atração: curta documentário Deus (2017)
Quando: nesta quinta-feira (2), às 18h
Exibição: via Facebook


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados