Música

Cada vez melhor

Edição comemorativa aos dez anos do evento valoriza a arquitetura de Pelotas

14 de Janeiro de 2020 - 22h01 Corrigir A + A -
Mercado Central é um dos palcos para as apresentações musicais (Foto Janine Tomberg)

Mercado Central é um dos palcos para as apresentações musicais (Foto Janine Tomberg)

Em edição comemorativa, o Festival Internacional Sesc de Música inicia a sua décima realização na próxima segunda-feira em Pelotas. Uma comitiva formada pelo gerente de cultura do Sesc/RS, Silvio Bento, o diretor artístico do festival, Evandro Matté, o gerente do Sesc Pelotas, Luis Fernando Parada, e o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, Gilmar Bazanella, visitou na terça-feira (14) à tarde a sede do Diário Popular. O foco dos organizadores não é apenas manter, mas principalmente elevar o padrão do evento que transformou os janeiros na cidade.

A programação cultural é um dos destaques deste ano, com a participação de artistas estaduais e nacionais, entre eles Hamilton de Holanda, André Mehmari, Banda Tum Toin Foin, Big Band Salvagni e Pedrinho Figueiredo, Sexteto Gaúcho e Kleiton & Kledir, além da presença de duas orquestras jovens oriundas do Pará e de Roraima, ambos projetos desenvolvidos pelo Sesc.

A edição que celebra uma década de festival ainda presta homenagem à arquitetura de Pelotas, reconhecida em 2018 como patrimônio brasileiro pelo Iphan. Neste sentido, o material gráfico do evento mostra vários músicos ocupando prédios históricos, como o Grande Hotel, o Theatro Guarany, a Bibliotheca Pública Pelotense (BPP), o Museu da Baronesa, o Mercado Central e a caixa d’água da praça Piratinino de Almeida.

Ensino e prática
O formato do Festival Internacional Sesc de Música segue a cartilha das edições anteriores. As aulas ocorrem no turno da manhã, enquanto a tarde é dedicada para ensaios e recitais de alunos no Conservatório de Música (13h). Já no turno da noite, os recitais de professores ocorrem na BPP (19h) e os concertos no Theatro Guarany (20h30min).

Serão oferecidos 24 cursos voltados a diferentes famílias de instrumentos musicais, que abrangem 53 professores de diferentes nacionalidades e 400 alunos de diversos estados e países. Nas atividades destinadas ao público em geral, mais de 50 apresentações gratuitas serão desenvolvidas até o dia 31 deste mês. 

Os ingressos para as três primeiras noites do festival podem ser retirados até esta sexta-feira na bilheteria do Theatro Guarany, no período das 9h às 12h e das 13h30min às 18h30min. As entradas são limitadas a um par de ingressos por pessoa. O Sesc sugere a doação de um quilo de alimento não perecível. A programação completa está disponível em sesc-rs.com.br/festival.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados