Cinema

Beijos e tiros

Comédia "Uma quase dupla" reúne o talento de Tatá Werneck e Cauã Reymond

19 de Julho de 2018 - 12h00 Corrigir A + A -
Carisma dos atores garante a diversão (Foto: Divulgação - DP)

Carisma dos atores garante a diversão (Foto: Divulgação - DP)

Dois policiais que não possuem nenhuma afinidade precisam aprender a conviver e desvendar, juntos, um crime. A premissa já foi vista em inúmeras produções, desde a trilogia Corra que a polícia vem aí até o esperto Chumbo grosso, mas o que faz de Uma quase dupla a pedida ideal para esta quinta-feira (19) é a reunião de Tatá Werneck e Cauã Reymond. A comédia nacional estreia no Cineflix Cinemas.

A história se passa na pacata cidade de Joinlândia, quando uma série de assassinatos começa a assustar a população e instigar o subdelegado Cláudio (Reymond), um policial bobo e bonitão que nunca disparou um tiro na vida. Ele assume o caso e recebe a irreverente e confiante investigadora Keyla (Tatá), que chega do Rio do Janeiro para ajudar a descobrir o culpado.

Se a trama não é o forte, o carisma dos atores compensa com um bom timing cômico. As piadas abusam do humor nonsense, garantindo a diversão para toda família. A direção é de Marcus Baldini, cujo currículo inclui Bruna Surfistinha (2011) e Os homens são de Marte… E é para lá que eu vou! (2014).

Duração 90 minutos
Classificação: 12 anos

Sala 2 - Às 15h, 17h, 19h30min e 21h30min


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados