Mostra

A poesia que surge das janelas

Galeria de Arte Edmundo Rodrigues inaugura nova exposição

18 de Junho de 2020 - 12h08 Corrigir A + A -

Por: Ana Cláudia Dias
anacl@diariopopular.com.br 

Jornalista apresenta 60 fotografias (Foto: Divulgação - DP)

Jornalista apresenta 60 fotografias (Foto: Divulgação - DP)

Inaugura desta sexta-feira (19)  na galeria Galeria de Arte Edmundo Rodrigues a exposição Poesia na janela. A mostra une fotografia e poesia em trabalho desenvolvido pelo Movimento dos Escritores Bageenses (MEB) em parceria com a jornalista Fernanda Couto. A visitação pode ser feita presencialmente até o dia 20 de julho, das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. O visitante precisa estar de máscara. O espaço fica no Palacete Pedro Osório, em Bagé.

Fernanda Couto pinçou 60 fotos de um acervo construído por ela a partir de 2008 até o início deste ano. As imagens capturadas pela jornalista, através de celular, apresentam janelas de Bagé, além de exemplares que estão em cidades da região, como Candiota e Dom Pedrito. Para a autora estas aberturas das casas fazem parte das paisagens das cidades. Elas ainda, inúmeras vezes, servem de inspiração poética.

Por este motivo, cada uma das imagens é vinculada a uma poesia que pode versar sobre a cidade, a vida ou as sensações inspiradas pela fotografia da jornalista. Os poemas são de autoria de Márcia Duro Mello, Severino Moreira, Valdomiro Martins, Ayeza Ferreira, Pedro Barcellos, Paccelli Zahler, Manoel Ianzer, Amanda dos Santos, Marilene Figueiredo Nunes, Eliege Moreira, Jaime Vivian Jr., Lúcia Oliveira, Cézar Palomeque, Fátima Fabiana, Magda Gehres e Mirta Oliveira.

Sucesso na web

A jornalista e fotógrafa Fernanda Couto conta que sempre gostou de fotografar janelas, mas não percebia isso. Porém outros perceberam, quando em 2018 ela começou a postar no Instagram pessoal imagens relacionadas ao tema. "Eram janelas que eu via por onde passava e as pessoas começaram a interagir com essas fotos", lembra.

Os internautas faziam comentários como: "Ah, essa era a casa da minha avó"; "Essa janela fica em (tal) rua". Com essa "recepção", Fernanda revisou o arquivo de fotos e viu que eu tinha muitas guardadas. Algumas destas aberturas, inclusive, não existem mais ou foram modificadas, o que torna o trabalho não somente um registro imagético, mas também um importante registro do patrimônio arquitetônico bageense.

Com o sucesso decidiu criar uma fanpage no Facebook e um perfil no Instagram (@JanelasRS) específicos sobre o tema. Nestas plataformas os internautas vão encontrar não só imagens de Bagé, mas também registros de Pelotas, Jaguarão, Porto Alegre, Gramado, Canela, Arroio Grande, Santa Cruz do Sul e Caçapava do Sul, entre outras.

No fim do ano passado a professora e escritora Márcia Duro Mello, criadora do Movimento dos Escritores Bageenses, a convidou para uma parceria. Queria utilizar as janelas de Fernanda em um trabalho com o grupo.

O trabalho foi desenvolvido e Márcia percebeu que poderia render uma exposição. "E assim se criou Poesia na janela."

Fernanda não se intitula fotógrafa e diz que as imagens apresentadas mostram os efeitos e cores captadas no momento da captura, sem nenhum tipo de manipulação digital. "Da forma que eu enxerguei, elas estão no papel. Se tem fios na frente, continuam lá. Não removi. É mais uma documentação do patrimônio mesmo", diz.

A jornalista é graduada pela Universidade Franciscana (Santa Maria) e, pós graduada em Comunicação e Política pela Universidade da Região da Campanha (Urcamp). Atualmente é produtora e apresentadora de TV (TV Câmara).

A Galeria

A Galeria de Arte Edmundo Rodrigues fica no Palacete Pedro Osório, um endereço histórico de Bagé. O espaço é mantido pelo poder público, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e dirigido pelo professor e jornalista Gilmar de Quadros. O espaço esteve fechado por cerca de um mês, mas foi reaberto para visitação pública na segunda quinzena de maio.

Tempos de pandemia

Devido à pandemia do novo coronavírus, as exposições desta galeria foram adaptadas para este momento. Apesar de ser permitida a visitação presencial, não haverá evento de inauguração, além disto o acesso é permitido para duas pessoas por vez.

Aos visitantes é exigido o uso de máscara de proteção, bem como está à disposição álcool gel para higienização das mãos. Por causa das restrições a exposição Poesia na janela terá visitação guiada virtual que estará disponível no Facebook e no Instagram do projeto.

Serviço

O quê: exposição Poesia na janela

Quando: a partir de sexta-feira (19) até o dia 20 de julho

Onde: Galeria de Arte Edmundo Rodrigues, avenida Tupy Silveira, 1.436, Bagé

Quem: Movimento dos Escritores Bageenses e JanelasRS

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados