02 de Agosto de 2022 - 08h00

UFC 277: Amanda Nunes retoma o cinturão peso-galo

Por: Pluralidade Esportiva

Por Bruno Bohm

Na madrugada de sábado, a Leoa voltou com tudo e retomou seu cinturão. Foi um domínio do início ao fim. A brasileira aplicou um enorme castigo na até então campeã Julianna Peña, que saiu do octógono direto para o hospital. Desde o primeiro momento, Amanda veio com uma estratégia perfeita de luta, trocando de base, confundindo os ataques da rival. No segundo round, a baiana chegou a aplicar três knockdowns na adversária que mostrou grande resistência.

Nos últimos três rounds de luta, o domínio seguiu total, apenas no quarto round, Peña chegou a encaixar uma chave de braço, mas a posição foi defendida por Amanda. Já no último round, vimos um festival de cotoveladas da baiana, que maltratou a adversária até o final do combate. No final de tudo, Amanda comemorou no octógono com seus dois cinturões novamente.

Na luta co-principal, Brandon Moreno fazia luta disputada contra Kai-Kara France. Mas no terceiro round, o mexicano acertou um chute providencial na linha de cintura do adversário, que nocauteou o neozelandês. Com a vitória se tornou campeão interino do peso-mosca. O campeão linear da categoria, Deiveson Figueiredo, que se recupera de uma lesão na mão, subiu no octógono e parece que teremos uma inédita tetralogia entre Brasil e México.

Quem também se destacou foi o brasileiro Alexandre Pantoja, que não tomou conhecimento do americano Alex Perez, vencendo por finalização, logo no início do primeiro round. Com a vitória, Pantoja aguarda pelo desfecho da tetralogia entre Moreno e Figueiredo, para disputar o cinturão da agora movimentada categoria peso-mosca.

-  próximo

Comentários Comente