11 de Dezembro de 2021 - 18h21

Dois cinturões brasileiros em jogo no UFC 269

Por: Pluralidade Esportiva

Por: Bruno Bohm, jornalista

Após conquistar o cinturão peso-leve (até 70kg) do UFC, contra Michael Chandler, em maio, o brasileiro Charles do Bronx faz sua primeira defesa de cinturão neste sábado. Seu adversário é o americano Dustin Poirier, que mesmo sem o cinturão é considerado por muitos o melhor lutador em atividade na categoria. O americano vem de duas vitórias consecutivas sobre o icônico Conor McGregor. Na ocasião, após o primeiro confronto, Poirier preferiu dar a revanche ao irlandês do que disputar o cinturão.

Ambos são lutadores de elite, muito completos e perigosos. Charles é conhecido por ser um grande finalizador, mas tem provado ser também um nocauteador e ter um grande coração. Por falar em coração, Poirier, da mesma forma, também é conhecido por isso. Trava guerras no octógono, é um lutador extremamente agressivo. O combate de sábado se trata de uma luta principal muito esperada, para fechar com chave de ouro a temporada, no último card numerado de 2021.

OUTRO DESTAQUE

No evento co-principal, teremos a supercampeã Amanda Nunes defendendo o cinturão peso-galo (até 61,2kg) da organização. A americana Juliana Peña é a oponente da vez. Se na luta principal a promessa é de uma luta muito parelha, para o confronto entre as duas há um amplo favoritismo em favor da brasileira.
Juliana é uma lutadora bem completa, tendo como especialidade sua luta agarrada. Já a campeã é considerada por muitos a maior da história do MMA feminino. Amanda é uma lutadora que dispensa comentários. Completa e muito agressiva, faz suas lutas parecerem fáceis.

O UFC 269 ocorre neste sábado (11) e será transmitido pelo Canal Combate, a partir de 19h45min (horário de Brasília).

Comentários Comente

Diário Popular - Todos os direitos reservados