18 de Setembro de 2021 - 07h34

Curso gratuito de jornalismo científico abre vagas para qualquer pessoa interessada

Por: Diário Popular

om a pandemia de Covid-19, a relação entre a ciência e o jornalismo tornou-se crucial para o bem-estar das sociedades mundo afora.

Há uma área específica para a cobertura de eventos relacionados ao coronavírus, à crise climática e outros acontecimentos que afetam a vida no planeta: o jornalismo científico.

Devido ao tamanho da importância do seu papel, os jornalistas que atuam neste segmento precisam conhecer tanto os aspectos básicos quanto os mais complexos da cobertura científica.

Com o objetivo de qualificar a produção de notícias de cunho científico, foi formada uma aliança entre o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas (Knight Center for Journalism in the Americas - EUA) e o Instituto Serrapilheira, do Brasil, para o oferecimento do curso online gratuito Jornalismo Científico: Da pandemia à crise climática, como melhorar a cobertura científica

O brasileiro Thiago Medaglia, jornalista científico e instrutor do curso, disse ao blog do Centro Knight: 

Se a pandemia deixou algo claro é que a ciência está presente em nossa vida cotidiana, e aprofundar seu conhecimento e compreensão da ciência será um passo essencial para qualquer jornalista nas próximas décadas”.

Como vai funcionar o curso?

O objetivo central do curso é ajudar repórteres, editores e produtores de conteúdo a qualificar suas relações com questões científicas, por meio do aprendizado de habilidades fundamentais.

Ter um conhecimento introdutório de ciência, que é o que este curso oferece, vai permitir aos jornalistas evitar erros básicos e também armadilhas maliciosas, melhorando a qualidade do seu trabalho”, disse Thiago Medaglia.

As aulas acontecerão entre 11 de outubro e 7 de novembro de 2021. A formação de 4 semanas cobrirá as pautas de meio ambiente, saúde e outros tópicos relacionados à ciência.

Divisão dos módulos por semana

De acordo com o blog do Centro Knight, estes serão os módulos do curso:

  1. Introdução ao jornalismo científico, incluindo terminologia básica, conceitos fundamentais, boas práticas e leitura de um artigo científico.

  2. Confie na ciência, incluindo a análise de como ela funciona, a identificação de fontes e especialistas e como reconhecer a negação da ciência.

  3. Cobertura da crise ambiental e climática, incluindo um foco especial na floresta amazônica, Covid-19 e mudanças climáticas.

  4. Interseção de jornalismo de dados e jornalismo científico, incluindo a simplificação de assuntos complexos e tornando o conteúdo científico acessível e atraente.

O curso será ministrado de forma assíncrona (os alunos poderão concluir as atividades nos dias e horários mais convenientes) com aulas em vídeo, leituras, exercícios, testes e fóruns de discussão.

Também haverá palestras com profissionais experientes do jornalismo científico.

De acordo com a página de Objetivos do curso, estas serão as principais habilidades desenvolvidas pelos participantes: 

  • Compreender melhor os mecanismos de funcionamento da ciência e as razões pelas quais ela é, sim, confiável;

  • Selecionar de maneira criteriosa suas fontes e entrevistados, tendo clareza sobre o conceito de especialista;

  • Identificar os diferentes tipos de estudo, dando o peso devido a cada publicação;;

  • Evitar armadilhas como promover falsas equivalências entre cientistas e "fontes" negacionistas em suas reportagens;

  • Assimilar os conceitos fundamentais que fazem das alterações climáticas induzidas por ação humana um fato científico;

  • Interpretar corretamente os dados sobre desmatamento e fogo na Amazônia;

  • Aprender sobre boas práticas jornalísticas ao lidar com bases de dados científicas;

  • Participar de uma comunidade mundial de jornalistas de meio ambiente e ciência, a fim de compartilhar percepções e experiências práticas. 

Quem pode se inscrever no curso?

De acordo com o blog do Centro Knight, o curso é aberto a jornalistas, professores e estudantes de jornalismo ou qualquer pessoa interessada na interseção entre a mídia e a ciência.

A abertura do curso para pessoas sem envolvimento direto com a prática profissional do jornalismo mostra-se como uma iniciativa interessante por parte dos organizadores. 

A partir da formação, mesmo que não venham a produzir e/ou distribuir conteúdo, os participantes “leigos” sairão do curso com uma bagagem de conhecimentos mais concisos sobre assuntos relacionados a crises. 

Isso, no mínimo, fará com que essas pessoas se tornem agentes sociais mais úteis para o bem-estar coletivo.

Quanto aos profissionais (jornalistas e professores) e estudantes de jornalismo, o curso online proporcionará a qualificação ou a reciclagem necessária para adaptar suas práticas ao cenário atual.

👉 Você pode fazer a sua inscrição aqui.

Certificado de conclusão

Os participantes que atenderem aos requisitos do curso poderão receber um certificado de conclusão, mediante revisão das atividades pela equipe do Centro Knight.

Estes são requisitos para receber o Certificado de Conclusão:

  • Assistir às vídeo aulas semanais e fazer as leituras semanais.

  • Completar os questionários semanais com um percentual mínimo de acerto de 70% (é possível refazê-los quantas vezes for necessário, e só a nota mais alta será considerada.)

  • Criar OU responder a pelo menos um tópico no fórum de discussões por semana.

👉 Tanto a realização do curso quanto a emissão do certificado de conclusão são gratuitas. 

-  próximo

Comentários Comente

Diário Popular - Todos os direitos reservados