Editorial

Os problemas que o brasileiro vê

21 de Fevereiro de 2018 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Desemprego, corrupção e saúde são, nessa ordem, os três principais problemas do país, afirmam os brasileiros que participaram da pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira - Problemas e Prioridades para 2018. O levantamento foi realizado pelo Ibope Inteligência para a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Desemprego e corrupção são citados por 56% e 55% da população, respectivamente; já a saúde aparece nos comentários de 47% de citações referentes aos temas que mais preocupam as pessoas.

Em comparação à pesquisa do ano passado, os três problemas permanecem como os mais citados. No caso da corrupção, é o que mais cresce. Em 2016 foi citado por 40% dos brasileiros, enquanto ano passado passou para 55%.

Outro assunto em destaque na pesquisa é o custo de vida, reflexo da crise que atingiu o bolso das famílias. Esse fator passou de 7% nas citações há dois anos para 13% ano passado, o que fez com que saltasse da 11ª para a 6ª colocação entre um período e outro.

Embora a opinião global da pesquisa, mudanças nesse ranking foram observadas conforme a região. No Norte, Centro-Oeste e Nordeste, por exemplo, o desemprego aparece em primeiro lugar (59% e 56% de citações entre os três principais problemas, respectivamente), seguido da corrupção (56%).

Já na região Sudeste o desemprego empata com a corrupção em primeiro lugar, com 57% de citações, enquanto na região Sul se destaca como a única para a qual a corrupção aparece isolada em primeiro lugar, com 63% das citações entre os três principais problemas do país. Em segundo lugar, no Sul, preocupa o desemprego, com 51%.

E um dos problemas tão conhecidos por aqui mantém-se na lista de prioridades para 2018: a melhoria dos serviços de saúde é, pelo quinto ano consecutivo, o que mais deseja a população. Dessas medidas prioritárias do ano, acompanham o aumento do salário mínimo, o controle da inflação, a redução de impostos e a geração de empregos.

Dos jovens ouvidos vêm ainda um pedido. O grupo de entrevistados cita a redução de impostos como uma das três prioridades para o período. O tema é citado por 37% daqueles com idade entre 16 e 24 anos - a primeira no topo do ranking dessa faixa etária.

Por outro lado, conforme aumenta a idade dos brasileiros, cai o percentual de citações dessa medida. Ela chega a 23% entre os que possuem 55 anos ou mais. (Com informações do Ibope Inteligência)


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados