Artigo

Pelotenses e uma de suas excelências...

21 de Fevereiro de 2018 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Marcelo Bertholdi Oxley, Jornalista colaborador

Não, não são todos. Escreverei sobre uma pequena parte, o mínimo. Mas, registrarei.

A cidade de Pelotas pode ser considerada como um dos cartões-postais do Rio Grande do Sul: belezas naturais, prédios históricos, praias, charqueadas e algumas “famosas esquinas”. Sim, pontos estratégicos de encontro de muitos pelotenses.

Quem já não ouviu falar de um prestigiado café no centro da cidade? Ou alguns aglomerados no calçadão da praia do Laranjal? E, é óbvio que existem outros tantos, espalhados pela cidade. Enfim, os moradores desta cidade estão ligados, instantaneamente, aos acontecimentos de tudo e, infelizmente, de todos.

É exatamente neste momento que entram as difamações, mentiras, frustrações, comodidade, “malandragens” ou simplesmente, fofocas.

São pessoas que têm o “não fazer nada” como o seu trabalho diário. Não medem esforços, como deveriam fazer para conseguir uma tarefa, para caluniar qualquer tipo de cidadão. É só passar pelos seus “escritórios” e você está correndo um sério risco de ser prostituta, gay, hétero, caloteiro, infrator, pobre, rico, drogado, bêbado, enfim, você será o que estiver na ponta da língua, naquele momento.

O Brasil possui mais de 13 milhões de desempregados, todavia, também é sublime em ter “filhos” fofoqueiros. Não há enxada, esponja ou pincel que chegue: falar da vida alheia é mais forte que uma boa capina, uma bela higienização na louça ou uma pintura naquela parede que já está desbotada.

Preguiça, inveja e orgulho, três dos sete pecados capitais, estão evidentes na expressão “fofocar”. Você tem preguiça de batalhar por algo rentável, digno a sua família. Você inveja, pois na verdade gostaria de ser aquela pessoa. Você é orgulhoso, uma vez que, para você e alguns adeptos de suas palavras, o que vale é o seu ínfimo pensamento.

Que maravilhoso seria se aqueles pontos, tradicionais, fossem ocupados apenas pelo comentário sobre o jogo do seu time, pelo capítulo da novela, pelo exercício que fora feito no dia anterior, pela mais nova dieta que começará a ser realizada ou pelo simples contemplar do nascer do Sol.

Deus deu uma vida para cada um, não seria maravilhoso se cada um cuidasse da sua?


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados