Estilo
Música

Aruba exporta novos talentos

Criador do hit Machika em parceria com J.Balvin e Anitta ganha projeção internacional

27 de Janeiro de 2018 - 05h00 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

O cantor e compositor é hábil em combinar sons urbanos com a música local (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

O cantor e compositor é hábil em combinar sons urbanos com a música local (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

O talento dos artistas de Aruba - a Ilha Feliz - está ultrapassando fronteiras com o mais novo sucesso do jovem músico arubano, Jeon - criador do hit Machika, em parceria com J Balvin e a cantora Anitta. Dono de uma capacidade exemplar para combinar sons urbanos e a música local, Jeon conheceu J Balvin em Nova York, onde mora atualmente. Após assistir a um dos vídeos de Jeon pelo Instagram, o colombiano se encantou com sua energia positiva e logo surgiu com o convite para produzirem juntos.


Jonathan Thiel, mais conhecido como Jeon, nasceu e foi criado em Santa Cruz de Aruba e foi influenciado desde pequeno pela música, pois cresceu vendo o pai tocar piano e o tio trabalhar como produtor musical. Aos 14 anos, iniciou a vida artística em um grupo de gaitas, tocando múltiplos instrumentos. Chegou ao topo das paradas na Ilha Feliz com a música Dushi Bida, que ele mesmo escreveu e produziu.


Machika foi lançada às 12h do último dia 19 e rapidamente alcançou o primeiro lugar entre os vídeos virais do YouTube com 4,5 milhões de visualizações (atualmente ultrapassou a casa dos 30 milhões). Jeon é o autor da canção, concebida em parceria com J Balvin e Anitta. Essa mistura de culturas e idiomas permitiu que o arubano incluísse termos em papiamento - o idioma local de Aruba - promovendo um salto musical em sua carreira, razão pela qual a ilha se orgulha do alcance de Machika em seu lançamento global.


A palavra "machika" significa algo como "amassar" em papiamento. Apesar de existir desde o século 16, só em 2003 essa curiosa mistura de português, espanhol, francês, holandês, italiano e inglês ganhou o mesmo status que o holandês, a outra língua oficial da ilha. A palavra papiamento vem do português "papear" e do francês "parler" (falar). Ainda que com sotaques e algumas palavras diferentes, o idioma também é usado em outras ilhas da

Comentários Comente

REDES SOCIAIS

Diário Popular - Todos os direitos reservados