(Foto: Moizés Vasconcellos - DP)

(Foto: Moizés Vasconcellos - DP)

Trânsito

Acidente deixa três pessoas feridas

Uma senhora que conduzia duas netas, no Fiat/Pálio, pela Argolo, teria avançado a preferencial quando foi colidida por um caminhão que transportava bebidas

08 de Dezembro de 2012 - 12h48 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Cíntia Piegas
cintiap@diariopopular.com.br 

 (Foto: Moizés Vasconcellos - DP)

(Foto: Moizés Vasconcellos - DP)

Um dos cruzamentos considerados mais complicados de Pelotas e que fica entre as ruas Almirante Barroso e General Argolo, no Centro, foi palco de mais um grave acidente de trânsito no final da manhã desta sábado (8). Uma senhora que conduzia duas netas, no Fiat/Pálio, pela Argolo, teria avançado a preferencial quando foi colidida por um caminhão que transportava bebidas.

A narração dos fatos foi do próprio motorista do veículo que trafegava pela Barroso. Atônito e sempre perguntando pelas crianças, ele contou à reportagem que estava em velocidade permitida, até porque não tinha como correr naquela via e pela carga que levava. “Ela atravessou direto.”

Atendimento
Uma equipe da Força Especial Tática (FET) da Brigada Militar (BM) prestou o primeiro atendimento até a chegada do socorro. Foram precisos duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma do Resgate do Corpo de Bombeiros. O Grupamento de Trânsito da BM controlou o fluxo de veículos por volta do meio-dia, que foi intenso. Como o atendimento precisou ser rápido, a equipe da FET não chegou a colher o nome das vítimas. A reportagem conseguiu apurar com um major da BM, que ajudava no atendimento, que uma das crianças, com idade entre três e quatro anos, teria sofrido uma fratura no braço e a de sete anos teve um corte profundo na testa. As três foram encaminhadas para atendimento no Pronto-Socorro de Pelotas. (PSP).


Comentários

  • flavio - 11/12/2012
  • André - 08/12/2012
  • suelen - 08/12/2012
  • Maicon - 08/12/2012
  • Christian Anderson dos Santos Alves - 08/12/2012
  • Maicon - 08/12/2012

Diário Popular - Todos os direitos reservados