Perda

Morre o físico britânico Stephen Hawking

Ao longo de sua vida, Hawking se dedicou à pesquisa de temas como a natureza da gravidade e a origem do universo

14 de Março de 2018 - 08h54 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Hawking morreu em paz em sua casa, na cidade universitária de Cambridge (Foto: Agência EFE).

Hawking morreu em paz em sua casa, na cidade universitária de Cambridge (Foto: Agência EFE).

Morreu nesta quarta-feira (14) o físico britânico Stephen Hawking, aos 76 anos. Um dos cientistas mais influentes de todos os tempos, Hawking ficou consagrado por resistir frente à esclerose lateral amiotrófica, doença neurodegenerativa que causa paralisia, manifestada no físico aos 21 anos.

Desde então, Stephen mantinha sua determinação às pesquisas mesmo utilizando cadeira de rodas e um sintetizador de voz para conseguir se comunicar, já que perdera praticamente todos os movimentos do corpo. Ao longo de sua vida, Hawking se dedicou à pesquisa de temas como a natureza da gravidade e a origem do universo.

A imprensa inglesa reportou que o cientista morreu em paz em sua casa, na cidade universitária de Cambridge, Reino Unido, nas primeiras horas desta quarta. "Hawking revelou os segredos do espaço e do tempo", diz a Reuters. Um de seus livros mais conhecidos e renomados, Uma breve história do tempo, chegou a ficar por 237 semanas na lista de mais vendidos do jornal britânico Sunday Times.

Desde 1974, trabalhava extensivamente para casar as duas bases fundamentais da física moderna: a Teoria Geral da Relatividade de Einstein, que diz respeito à gravidade e os fenômenos em larga escala, e a teoria quântica, a respeito das partículas subatômicas.

Como resultado dessa pesquisa, Hawking propôs um modelo do universo baseado em dois conceitos de tempo: "tempo real", ou o tempo como experimentado pelos seres humanos, e "tempo imaginário" da teoria quântica, conceito de tempo no qual o mundo pode operar.

*Com informações da agência de notícias Reuters


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados