Elenco

Brasil consolidado no Gauchão sem repetir o time

A noticia negativa é que o jogador Itaqui está fora do Gauchão; o meio-campista fará uma cirurgia e retorna no final de abril

20 de Fevereiro de 2018 - 11h05 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Opção. Matheus Lima saiu do banco para confirmar a vitória 
no domingo. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Opção. Matheus Lima saiu do banco para confirmar a vitória no domingo. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Diz um velho ditado do futebol que “em time que está ganhando não se mexe”. Mas, no Brasil, essa filosofia ficou no passado. Mesmo sem repetir o time nas sete primeiras rodadas do Campeonato Gaúcho, o Xavante disputa a liderança do Gauchão rodada a rodada e já está garantido nas quartas de final. Mérito do bom elenco montado para 2018 e do trabalho do técnico Clemer.

Contra o Caxias, na sexta-feira (23), o time vai mudar de novo. Os laterais Éder Sciola (expulso) e Bruno Collaço (3º cartão amarelo) estão suspensos e serão substituídos por Ednei e Artur, respectivamente. Quem também está fora é o capitão Leandro Leite, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São José. Vacaria é o mais cotado para ficar com a vaga.

Outra posição onde pode haver mudança é o comando do ataque. Luiz Eduardo ainda sente dores na coxa e fará tratamento durante a semana para poder retornar ao time. Se ele não tiver condições, o mais cotado a ficar com a vaga é Léo Bahia, que estreou com assistência para o gol de Sousa no domingo. Mas também não se pode descartar Robério, que marcou na derrota para o Grêmio, e principalmente Matheus Lima, autor do 2º gol sobre o São José.

“É uma competição sadia. O lado positivo é que a gente sabe que precisa treinar, trabalhar forte, porque se piscar o olho vai ser atropelado, então só quem tem a ganhar com isso é o time”, disse Matheus Lima. Segundo o atleta, até entrar na lista de relacionados está difícil no Xavante. “A concorrência é grande para ir pro banco porque o nosso time é muito bom.”

Contra o São José, Sousa e Léo Bahia ganharam a primeira chance de iniciar uma partida e o time não sentiu a ausência dos titulares Itaqui e Luiz Eduardo. Para Matheus Lima, essa rápida adaptação dos reservas é fruto do trabalho diário do treinador. “O Clemer dá muita atenção para quem teoricamente não vem jogando, ele dá muita atenção para as duas equipes. Isso é fundamental porque quem está no time de baixo tem que saber o que fazer. E isso que ele faz é muito importante porque a gente entra já sabendo o que tem que fazer”, finalizou o centroavante.

Fora do Gauchão
A notícia que a torcida xavante tanto temia chegou na tarde de ontem: Itaqui está fora do Campeonato Gaúcho. O meio-campista vai operar a hérnia inguinal na quinta-feira e só deve voltar a jogar em abril. Com isso, o jogador voltará a ficar à disposição de Clemer no início da Série B do Brasileiro.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados