Sétima arte

Zero Quatro terá cinema português

Na sessão de abertura, será exibido Morrer como um homem, longa-metragem de 2009 dirigido por João Pedro Rodrigues

11 de Fevereiro de 2018 - 08h00 Corrigir A + A -
Questões LGBT na pauta de João Pedro Rodrigues (Foto: Divulgação - DP)

Questões LGBT na pauta de João Pedro Rodrigues (Foto: Divulgação - DP)

A partir do dia 17 deste mês, o Cine Clube Zero Quatro retoma suas atividades com a mostra Novo Cinema Português. Ao longo do restante do ano letivo, os espectadores acompanharão um breve panorama da produção cinematográfica da última década no país. As sessões ocorrem aos sábados, às 16h, gratuitas e abertas à comunidade em geral, com abertura 15 minutos antes do início das exibições.

São filmes de grande projeção internacional que ilustram as diversas particularidades das vozes contemporâneas portuguesas. Trata-se de uma seleção introdutória, deixando de fora uma grande quantidade de realizadores que serão mencionados durante os debates. O ciclo conta com obras de João Pedro Rodrigues, Miguel Gomes e Teresa Villaverde.

Na sessão de abertura, será exibido Morrer como um homem, longa-metragem de 2009 dirigido por João Pedro Rodrigues. O trabalho do realizador se pauta em complexas reflexões sobre questões LGBT, manifestadas na própria forma fílmica, resultando em um corpo de trabalho legitimamente queer.

O diretor também realizou os longas O fantasma (2000), Odete (2005), A Última Vez Que Vi Macau (2012, codirigido com João Rui Guerra da Mata) e O ornitólogo (2016). Morrer como um homem competiu na mostra Un Certain Regard do 62º Festival de Cannes.

O quê: Cine Clube Zero Quatro
Quando: dia 17
Onde: rua Lobo da Costa, 447, Cine UFPel


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados