Folia

Final de semana para cair no samba

Programação da cidade é variada e se estende até o dia 18 de fevereiro; são mais de 40 atrações em diferentes pontos do município; amanhã a animação oficial será no Mercado Central e prossegue no sábado e domingo na passarela, na região portuária

09 de Fevereiro de 2018 - 07h33 Corrigir A + A -
Voluntárias da unidade cuidativa intensifica os preparativos (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Voluntárias da unidade cuidativa intensifica os preparativos (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Novamente sem disputas na passarela do samba e maior adesão aos blocos de rua, o clima de Carnaval começa a se instalar em Pelotas. Até o dia 18, quase 40 atrações estarão à espera dos foliões na passarela do samba, nas ruas e nos clubes sociais. Confira no caderno Tudo como será a festa em outras cidades da Zona Sul.

Neste ano, um bloco vai desfilar em prol de uma causa muito especial. A Banda Integração, Saúde e Educação, em atividade desde 2000, terá como tema os cuidados paliativos. Mais especificamente a Unidade Cuidativa mantida pela UFPel. Para abrilhantar a festa, uma árvore de quatro metros de altura está sendo montada pelos voluntários e pacientes do local. Ela será o carro alegórico do grupo.

O bloco é simples e não conta com muito recurso. A importância do tema levou os envolvidos a pensar no diferencial do carro. “Queremos passar a mensagem de que as pessoas que sofrem não podem ser deixadas para trás”, argumenta Julieta Fripp, diretora da unidade. As camisetas do bloco podem ser adquiridas antecipadamente na própria unidade Cuidativa (Duque de Caxias, 112) a R$ 20,00.

Formada por dezenas de mãos simbolizando o cuidado envolvido na unidade, a árvore é toda feita com material reciclado. Grande parte da mão de obra é formada pelo pessoal da oficina de arteterapia. Elveli Furtado, paciente da Cuidativa desde junho de 2017, acha maravilhoso relembrar as épocas de Carnaval. “Sou eu que coordeno o trabalho delas”, diverte-se. Ela garante que estará presente amanhã à noite na Passarela do Samba para participar do desfile. Junto dela, outros cadeirantes, idosos e crianças irão compor a primeira ala do bloco.

A passarela do samba já está pronta. No prolongamento da rua Conde de Porto Alegre, terá 250 metros de extensão com laterais para cadeiras, mesas, 19 camarotes para o público e quatro destinados à Imprensa, à Corte, à Assecap e às autoridades. O acesso às áreas das cadeiras, mesas e camarotes será mediante identificação. Os locais reservados para o público têm capacidade para cerca de três mil pessoas.

A praça de alimentação funcionará no final da rua Benjamin Constant. O entorno da passarela contará com dois banheiros em contêineres, com sanitários masculinos, femininos e fraldários. Além deles, mais 15 banheiros químicos. Cem pessoas irão fazer a segurança privada do evento (leia mais na editoria de Segurança).

Apenas uma do grupo especial
Paulo Pedroso, gerente de Manifestações Culturais da Secretaria de Cultura (Secult), espera grande participação do público nas festividades. “Quase todos os camarotes já foram vendidos”, afirma. As mesas, cadeiras e os ingressos populares também estão tendo bastante saída. “Esperamos lotar a passarela nos três dias”, projeta. Ele orienta os foliões a não levarem lanches, bebidas (incluindo chimarrão) e objetos pontiagudos para o local.

O tradicional concurso das escolas não irá ocorrer. A única do grupo especial a marcar presença na passarela será a Academia do Samba. Com 69 anos de existência, a escola terá como tema a magia do samba. Será abordada a trajetória do ritmo no país, desde a chegada dos escravos até a disseminação pelas diversas regiões brasileiras. Quatro setores, um carro abre-alas e outras alegorias irão compor o desfile dos mais de 500 integrantes.

Para a vice-presidente da instituição, Daniela Brizolara, o desfile da Academia do Samba é fundamental para manter a tradição. “Nós fazemos parte da história do Carnaval do Estado”, afirma. A não realização do concurso, para ela, desmotiva as escolas. “A competição é importante”, acredita.

Neste ano, 16 blocos de rua percorrerão tanto o Centro quanto os bairros. A folia começou no dia 27 de janeiro com o bloco Expresso 620, da rádio Pelotense, e segue até dia 18, com os bailes nos clubes sociais.

Ingressos e camisetas
A Associação das Entidades Carnavalescas de Pelotas (Assecap) está na banca 56 do Mercado Central vendendo ingressos para os desfiles na passarela do samba. O camarote para 15 pessoas sai por R$ 1.000,00 e vale para os três dias. As mesas para quatro pessoas custam R$ 50,00 o dia. As cadeiras individuais custam R$ 10,00 e o ingresso popular, que dá direito apenas a entrar na Cidade do Samba e não inclui assento, custa R$ 5,00.

No Mercado Central, as entradas só podem ser pagas em dinheiro. A banca 56 fica aberta de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. Quem preferir pagar com cartão de débito ou crédito e até parcelar o valor, deve procurar a sede da Assecap (rua Barão de Santa Tecla, nº 357), das 18h às 20h. Camisetas das bandas e do Bloco da Paz, organizado pela prefeitura, também podem ser adquiridas nos locais.
As camisetas dos blocos de rua podem ser compradas diretamente com os organizadores.

Bloqueios no trânsito
Alguns pontos da cidade estarão bloqueados para o trânsito de veículos e permanecerão assim até o fim das festividades. Confira:

► rua Conde de Porto Alegre com José do Patrocínio;
► rua Benjamin Constant com praça Domingos Rodrigues (dispersão das entidades carnavalescas);
► rua Xavier Ferreira com Tamandaré;
► rua Tamandaré com Garibaldi;
► rua Garibaldi com Tamandaré;
► rua Visconde de Jaguari com Gomes Carneiro;
► rua Uruguai com Antero Leivas (concentração das entidades carnavalescas);
► rua Benjamin Constant com Antero Leivas (engenho Jaime Power).

Outros locais onde passarão blocos de rua também estarão interrompidos. Os bloqueios serão esporádicos e enquanto durarem o desfile.

Programação
Passarela do Samba

Sábado (10/02)
► 17h Banda Empolgação

► 19h Banda Cruzmaltense

► 21h Banda Jacaré da Lagoa

► 22h Banda Integração, Saúde e Educação

► 23h10min Bloco Burlesco Mafa do Colono

► 0h20min Bloco Burlesco Bafo da Onça

► 1h30min Bloco Burlesco Tesoura da Tiradentes

► 2h40min Bloco Burlesco Bruxa da Várzea

► 3h50min Bloco Burlesco Candinhas da Cerquinha

Domingo (11/02)
► 18h30min Banda Cultural e Comunitária Explosão

► 19h30min Bloco Infantil Super Pateta

► 20h30min Escola de Samba Mirim Águia de Ouro

► 21h30min Escola de Samba Mirim Ramirinho

► 22h40min Banda Carnavalesca Leocadia

► 23h50min Banda Carnavalesca Dona da Noite

► 1h Banda Carnavalesca Xavabanda

Segunda-feira (12/02)
► 21h Banda Lobos da Cerca

► 22h Bloco da Paz e Clubes Sociais

► 23h20min Banda Carnavalesca Entre a Cruz e a Espada

► 0h40min Escola de Samba Academia do Samba

► 1h50min Banda Carnavalesca Ki-Bandaço

► 3h Banda Carnavalesca Família

► 4h10min Banda Carnavalesca Meta

Blocos de Rua
► 9/02 às 16h Os Bons Tempos de Carnavais - baile da terceira idade (Local: Mercado Central, pátio 4)

► 9/02 às 18h Bloco Princesa do Sul (Concentração: Mercado Central)

► 10/02 às 11h Cordão Carnavalesco do Ponto Chic (Local: Café Ponto Chic - rua Sete de Setembro, 309)

► 10/02 às 10h Bloco do Museu (Local: em frente ao Theatro Guarany)

► 11/02 às 11h Bloco do Mapa (Local: esquina das ruas XV de Novembro e Sete de Setembro)

► 11/02 às 11h Baile dos Lunáticos (Local: rua Três de Maio entre Félix da Cunha e Padre Anchieta)

► 11/02 às 12h Bloco Nenê (Local: Mercado Central)

► 11/02 às 12h Bloco Sexta Black (Concentração: Largo Edmar Fetter)

► 13/02 às 11h Bloco do Bonde da Várzea (Local: Mercado Central)

► 13/02 às 11h Tira a corda do meu bloco (Local: esquina das ruas XV de Novembro e Sete de Setembro)

► 13/02 às 16h Bloco Carnavalesco Lado Norte (Local: esquina das ruas Santa Clara e São Luiz)

► 13/02 às 18h Banda Carnavalesca e Cultural Explosão do Futuro (Local: avenida Domingos de Almeida com rua Comendador Rafael Mazza)

Clubes sociais
► 9/02 às 21h Concurso Estadual de Fantasias no Clube Caixeiral (ingressos a partir de R$ 15,00)

►10, 11 e 12/02 das 16h às 20h Bloco do Beijinho do Shopping Pelotas (inscrições, gratuitas, podem ser feitas no local)

►11/02 às 17h Baile infantil no Clube Diamantinos (entrada franca ou R$ 20,00 a mesa com quatro cadeiras)

►12/02 às 22h Baile adulto "Revivendo Antigos Carnavais" no Clube Caixeiral (sócios pagam R$ 10,00 e não sócios R$ 20,00)

►13/02 às 17h Baile infantil no Clube Brilhante (entrada franca para sócios. Não sócios pagam R$ 25,00)

►13/02 às 18h Baile infantil no Clube Caixeiral (R$ 5,00 para sócios e R$ 10,00 para não sócios. Crianças de até 12 anos não pagam)

►16/02 às 23h59min Baile Vermelho e Branco do Clube Gonzaga (entrada franca para sócios. Não sócios pagam R$ 10,00)

►18/02 às 17h Baile infantil no Clube Brilhante (entrada franca para sócios. Não sócios pagam R$ 25,00)

Notícias relacionadas


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados