Reclamação

Sem notas fiscais

Troca de sistema de emissão de notas fiscais eletrônicas pela prefeitura tem ocasionado problemas aos prestadores de serviço no município, que precisam amargar atraso para receber pagamentos

31 de Janeiro de 2018 - 21h13 Corrigir A + A -

Por: Tânia Cabistany
taniac@diariopopular.com.br 

Programa da prefeitura impede a operação (Foto: Gabriel Huth - DP)

Programa da prefeitura impede a operação (Foto: Gabriel Huth - DP)

Prestadores de serviços ao município e contadores amargam desde segunda-feira sem conseguir a emissão de notas fiscais eletrônicas. A troca de sistema no último dia 23 causou uma espécie de bloqueio, que a prefeitura espera sanar até a próxima quarta-feira, informa o secretário em exercício da Receita, Jairo Dutra. Ele explica que o contrato de serviço foi encerrado com a empresa pelo descumprimento de módulos previstos na licitação.

“Retornamos ao sistema anterior, de propriedade da prefeitura, o SIM”, relata Dutra, ao acrescentar que nos primeiros dias o problema causa um certo tumulto. E reconhece que é um estresse para os contadores, até porque essa é a terceira troca de sistema efetuada, mas não houve alternativa. A demora ocorre porque a Secretaria se viu obrigada a recadastrar todos os contribuintes, pois a empresa que teve o contrato encerrado não entregou o back up (cópia) com os dados.

O fato de a semana contar com feriado - nesta sexta-feira - faz com que seja perdido um dia de inserção de dados no sistema, o que atrasa ainda mais o serviço. Mas o secretário garante que no máximo entre terça e quarta-feira já estará tudo pronto e funcionando. A maior preocupação dos prestadores de serviços e contabilistas é com relação a prazos, visto que o mês terminou na quarta-feira e muitas notas não foram emitidas.

A auxiliar de contadora Jéssica Manke conta que as reclamações são várias, mas o escritório onde trabalha não consegue entrar no site da prefeitura. Segundo ela, abre-se uma janela informando que o usuário está bloqueado para ingressar no sistema ou que não possui permissão para realizar a operação. Quando participou do curso ministrado pela prefeitura, diz, foi informado que segunda-feira estaria funcionando. Hotéis, clínicas médicas e empresas da área da construção civil são exemplos de quem precisa das notas fiscais eletrônicas para receber pelo serviço prestado.

A Secretaria de Receita (SMR) teve na sexta-feira o último dia de apresentação do novo sistema de emissão de nota fiscal eletrônica a contribuintes que desejassem conhecer a mudança implementada nesse campo. A apresentação ocorreu em dois turnos e o conteúdo foi voltado principalmente a contadores e técnicos em Contabilidade.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados